Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Secretaria de Saúde reforça combate ao mosquito Aedes aegypti

Saiba como denunciar locais com risco de proliferação do transmissor da dengue, zika e chikunguya

 

Para lembrar a população que a incidência do mosquito transmissor da dengue, zika e chikunguya, o Aedes aegypti, aumenta no verão, a Prefeitura de Teresópolis, por meio da Divisão de Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde, montou uma tenda no centro da cidade com o objetivo de orientar as pessoas sobre a importância das ações de prevenção e combate à proliferação do mosquito.
A ação de conscientização e sensibilização sobre o tema aconteceu esta semana na Calçada da Fama, na Várzea, e atraiu diversas pessoas. Foram distribuídos panfletos e houve orientação à população. Também foi utilizado um microscópio para visualização dos estágios da larva do Aedes aegypti, despertando a curiosidade dos que passavam pelo local.
Os agentes de endemias mostraram a importância da colaboração da população no auxílio, prevenção e combate do mosquito. A subsecretária de Vigilância em Saúde, Marina Gonzalez Barandela Aleixo, salientou a importância de se realizar o cuidado para evitar possíveis locais de foco do mosquito: “Temos que fazer ações preventivas e envolver toda a população no combate ao vetor para evitar o surgimento da doença, não deixando água parada em garrafas, pneus, calhas e outros locais onde o mosquito possa vir a se proliferar”, esclareceu.
A aposentada Denair Ribeiro da Silva aprovou a campanha. “É maravilhoso isso. Tem que fazer sempre para evitar a doença o máximo que pudermos”, disse a aposentada, que aproveitou para levar para casa os panfletos informativos distribuídos pela equipe de Vigilância Ambiental em Saúde.

Explicação para a população
Durante a ação, os agentes Carlos Eduardo Lessa, Augusto da Silva, Robson Giovane e José Antônio Ferreira distribuíram materiais informativos e orientaram os pedestres. Os folhetos “10 minutos salvam vidas” e O “Dedezinho contra Dengue, Chikungunya e Zika!” ensinam as pessoas que é possível evitar a proliferação do Aedes aegypti com apenas dez minutos por semana. Também foi distribuída uma cartilha com passatempos que, de forma divertida, ensina o que deve ser feito para combater o Aedes. 
A população também foi informada sobre o que fazer para evitar a leptospirose e como agir em caso de enchentes. Além da ação na Calçada da Fama, a equipe da Vigilância também realiza ações periódicas nos bairros da cidade e em residências, orientando, combatendo e atendendo também em casos de denúncias. Todos os agentes que atuam nos bairros e nas casas estão sempre devidamente identificados.
Denúncias de locais que podem colocar a população em risco podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria Geral (21 2742-5074) ou pelo aplicativo e-Ouve (Em https://eouve.com.br), sistemas que que irão gerar um número de protocolo para acompanhamento pelo reclamante.

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 20/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Trilha mais antiga da Serra dos Órgãos completa 183 anos

A festa pelo livro de Edinar Corradini

“PREFEITO, CADÊ O DINHEIRO DA CAUSA ANIMAL?” Protetoras visitam canil e denunciam insalubridade

Anvisa mantém proibição ao cigarro eletrônico no país

Alexandre de Moraes diz que soberania brasileira está sob ataque

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE