Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Sicoob Coopemata inaugura posto de atendimento em Teresópolis

Cooperativa financeira está há 23 anos no mercado e chega trazendo oportunidades para o desenvolvimento da cidade

Nina Benedito 
@ninabenedito

O sistema de cooperativas de crédito é o maior sistema financeiro do tipo no Brasil, com mais de cinco milhões de cooperados. Um grande exemplo é o Sicoob, instituição financeira cooperativa presente em todo Brasil e que acaba de inaugurar um posto de atendimento em Teresópolis, o vigésimo desse grupo de trabalho. Na última segunda-feira, 11, a agência fez uma singela cerimônia de inauguração seguindo todos os protocolos de segurança sanitária e com poucos convidados. Entre os presentes, o Padre André, da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, que abençoou a nova agência, o Presidente da CDL de Teresópolis, Igor Edelstein, a equipe da agência de Teresópolis e membros da diretoria da cidade de Cataguases em Minas Gerais, sede da Cooperativa.
Em entrevista ao jornal O Diário e Diário TV, César Matos, Presidente da Sicoob Coopemata, falou sobre o entusiasmo em inaugurar o Posto de Atendimento na cidade. “A gente fica muito feliz em poder estar chegando aqui em Teresópolis, para nós é um motivo de muito orgulho. É o segundo ponto de atendimento no Rio de Janeiro e já temos projetos para vários outros tipos de atendimento na cidade e região, esperando poder crescer tanto quanto crescemos no estado de Minas Gerais”, pontua.  Ainda segundo César Matos, o objetivo da Sicoob Coopemata é poder atender todo tipo de cooperado, pessoa física, pessoa jurídica, comércio, indústria, prestação de serviço, de forma igualitária e cooperativa. “A expectativa é que possamos crescer rapidamente dentro de Teresópolis. Percebemos na cidade, através de nossos gerentes, uma grande ansiedade para que o modelo cooperativista possa estar cada vez mais presente, como uma alternativa ao modelo convencional. O Sicoob hoje cresce de uma forma muito uniforme por todo o país e nós esperamos que em Teresópolis cresça ainda mais, pois se trata de uma cidade que já é destaque no estado do Rio. Que nós possamos ajudar o empresário, as pessoas a serem cada vez mais punjantes dentro do estado do Rio de Janeiro como um todo”, afirma o Presidente da Instituição.

A diferença para um banco tradicional
De acordo com o Presidente da Sicoob Coopemata, o que faz a diferença entre um banco convencional e uma cooperativa financeira é que o cooperado é dono da instituição. “Somos uma cooperativa onde todos participam e todos têm sua voz e o seu voto. As decisões macro da empresa são tomadas nas assembleias, geral ordinária, onde todos os cooperados têm direito a um voto, independente do seu tamanho, do seu nível de movimentação. O outro diferencial marcante, é que os resultados da cooperativa são distribuídos pelos cooperados. Já distribuímos nos últimos anos mais de R$ 55 milhões. A cooperativa é a segunda do estado de Minas Gerais em distribuição de sobras per capita, ou seja, nossa cooperativa é extremamente rentável para o cooperado”, afirma César.

CDL presente na inauguração
O Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Teresópolis, Igor Edelstein, esteve presente para representar a categoria e falou sobre a expectativa da chegada da Sicoob Coopemata na cidade. “É um motivo de muita felicidade não só para a CDL, mas para toda sociedade, para os micro e pequenos empresários. O Sicoob certamente vai ser muito importante para que a cidade possa se desenvolver e a cooperação em um relacionamento que é muito importante, sobre tudo nesse período tão difícil que nós estamos atravessando”, enfatizou. “Eu já sou um cooperado e tenho a certeza de que as pessoas que vierem conhecer o mundo de oportunidades, de serviços e produtos diferenciados, certamente também virão fazer parte do Sicoob”, acrescentou Edelstein.
Ainda segundo ele, na prática a cooperativa oferece um relacionamento diferente dos grandes bancos, onde o cooperado faz parte da instituição que trabalha com o regime de distribuição das sobras. “Quando a cooperativa dá lucro, o cooperado também recebe um percentual, isso incentiva a ter um relacionamento cada vez maior com a cooperativa, além de taxas muito mais atrativas, produtos que cabem muito mais na estrutura sobretudo do micro e pequeno empresário. Eu tenho certeza que é um passo importantíssimo para a cidade de Teresópolis”.

Atendimento individualizado
Patrícia Pacheco, Atendente de Negócios, fala com o entusiasmo de quem veio do sistema financeiro tradicional e enxerga na cooperativa financeira uma oportunidade de crescimento para a cidade.  “A Sicoob Coopemata é uma unidade muito forte em Minas e está acreditando na Região Serrana. Eu acredito muito nessa visão de humanidade, de ter o cliente mais próximo. Aqui nós não tratamos como cliente, mas como sócios com tratamento diferenciado, é o que a nossa cidade precisa, é o que merecemos. Eu venho de uma instituição financeira, trabalhei  por 17 anos como gerente, e essa é uma nova experiência”, comenta. “Toda a sobra que é distribuída entre os cooperados fica na cidade, quanto mais os cooperados tem esse movimento conosco, mais a nossa cidade cresce, mais o cooperado ganha”, finaliza.

Justiça financeira
Alex Bento, Gerente Geral da agência em Teresópolis, fala com entusiasmo sobre o sistema. “Estamos muito felizes de poder divulgar o sistema de cooperativismo aqui em Teresópolis, a gente tem o princípio de fazer justiça financeira, e estamos de portas abertas para receber o empresário, a pessoa física, á disposição para consultorias”, afirma. “Nós temos todos os produtos de banco, mas não somos banco, estamos um pouco na contra mão em questão de atendimento, a gente quer acolher o nosso cooperado, que a gente não se refere como correntista”, diz Alex. 

História da Sicoob Coopemata
Cristiane Mazini, Diretora de Desenvolvimento de Negócios da Sicoob, está desde a fundação da empresa, em agosto de 1998 em Cataguases. “Esse é o nosso vigésimo posto de atendimento, e, nesses 23 anos em uma trajetória muito bonita, nós estávamos até então somente no estado de Minas, hoje chegamos ao estado do Rio. A Coopemata tem uma história muito interessante de muito crescimento e de muito comprometimento de todos. No ano passado, nós chegamos ao nosso primeiro bilhão de ativos em meio à pandemia, nós crescemos mais de R$ 500 mil, isso mostra a credibilidade do sistema, a confiança de nossos associados com o nosso sistema”, enfatiza a Diretora. “As cooperativas são regulamentadas pelo Banco Central, temos auditorias de duas a três vezes ao ano, então todas as nossas ações, as nossas atitudes, são embasadas em cima de regulamentos do Banco Central. Toda a gestão da cooperativa e nós enquanto diretores, temos cadastro no Banco Central de nossas responsabilidades”, explica Cristiane.

Distribuição dos lucros
Segundo a Diretora de Desenvolvimento de Negócios, Cristiane Mazini, a Sicoob Coopemata distribuiu R$ 10 milhões para os associados, de forma proporcional as movimentações financeiras de cada um. “No cooperativismo é importante que a cooperativa seja forte e que os nossos associados sejam fortes. Então a Sicoob Coopemata tem uma bela história, belos resultados, bons números, que podem ser acompanhados pelo site, onde estão disponibilizados os balanços auditados, após todo trabalho efetuado, os balanços são publicados e assinados pelos nossos auditores e pelo Banco Central”, explica. “Ao longo dos anos já distribuímos mais de cinquenta milhões, e no último ano foram dez milhões referentes ao ano anterior”, finaliza.

Atendimento digital
Além do posto de atendimento em Teresópolis, o Sicoob Coopemata possui o sistema de atendimento digital (Site www.sicoobcoopemata.com.br). A Sicoob Coopemata está localizada na Avenida Feliciano Sodré, bem ao lado da Câmara Municipal de Teresópolis. No Instagram @sicoobcoopemata. O horário de funcionamento do posto de atendimento é regido pela prefeitura, de segunda a sexta-feira, das 10h às 14h para atendimento ao público, e das 09h às 18h para funcionamento interno.

Tags

Compartilhe:

Edição 22/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Governo do Estado atua nas cidades afetadas pelas chuvas

LADRÕES DE RESIDÊNCIAS: Troca de tiros e quadrilha presa na Barra do Imbuí

Moradores denunciam possível foco do mosquito em casa abandonada

ÔNIBUS: Rodoviários de Teresópolis podem parar no próximo fim de semana

SindPMT vai debater contratação de 475 trabalhadores “por fora” para a Educação

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE