Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Teresópolis chega a 88,8% de ocupação dos hotéis para o Réveillon

No interior do estado, Miguel Pereira e Arraial do Cabo lideram a procura

O estado do Rio de Janeiro está de casa cheia, neste fim de ano, com a chegada de turistas para as comemorações do Réveillon. Só na capital, a expectativa dos hotéis é de 95% de ocupação no final de semana da virada. Até o momento, as reservas estão em 81,5%. No interior, a média está em 91,1%. Teresópolis, até esta sexta-feira, tinha 88,8% de ocupação. Para garantir a segurança do grande público previsto para as festas da virada do ano em todo o estado, o Governo do Rio de Janeiro e a Secretaria de Polícia Militar montaram um planejamento especial que vai mobilizar 22.490 PMs.
De acordo com uma pesquisa do HotéisRIO e da ABIH-RJ, na capital, de 30 de dezembro de 2023 a 1º de janeiro de 2024, o destaque fica para Ipanema/Leblon, com 94,4% (na noite da virada já está em 96%); Leme/Copacabana, com 83,96%; Barra da Tijuca/Recreio/Jacarepaguá, com 82,2%; Flamengo/Botafogo, com 81,8% e Centro, com 71%
No interior, Miguel Pereira está em primeiro lugar com 99,2% da rede hoteleira ocupada, seguida de Arraial do Cabo (98,7%) e, empatados, os municípios de Angra dos Reis, Cabo Frio e Paraty (93,5%). Depois estão Rio das Ostras (92,1%), Armação dos Búzios (90,4%), Petrópolis (89,4%), Itatiaia/Penedo (89,3%), Teresópolis (88,8%), Nova Friburgo (88,2%), Vassouras (88%), Valença/Conservatória (86,5%) e Macaé (85,2%).
O secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, Gustavo Tutuca, comemora o bom desempenho da hotelaria no interior. “Mais uma vez temos ótimos números de ocupação hoteleira nas cidades do interior do estado. Isso é fruto de muito trabalho, do nosso compromisso em promover as 12 regiões turísticas do Rio de Janeiro”, frisou.

Copacabana
Quem participar do famoso Réveillon de Copacabana presenciará um espetáculo com 12 minutos de fogos de artifício, disparados por 10 balsas e regidos por uma orquestra sinfónica. Além da pirotecnia, o céu de Copacabana também terá uma apresentação feita por drones. A música está garantida por dois palcos, com o melhor do samba e da MPB com artistas como Teresa Cristina, Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Ludmilla, Luísa Sonza e escolas de samba como Império Serrano e Portela, entre outros. E a festa não se limita à princesinha do mar: espalhados pela cidade, haverá outros palcos em locais como Praia do Flamengo, Praça Mauá, Ilha de Paquetá, Ilha do Governador, Madureira, Ramos, Penha, Bangu, Pedra de Guaratiba e Sepetiba.
Para o presidente do HotéisRIO, Alfredo Lopes, a união de autoridades do Poder Público com o setor privado é o segredo do sucesso. “O Rio é um estado que respira turismo, uma indústria fundamental para o desenvolvimento da nossa economia, que tem mais de 700 meios de hospedagens, 45 mil quartos e que gera mais de 100 mil postos de trabalho. Os resultados são animadores e nos dão a certeza de que teremos uma festa espetacular, à altura das expectativas de cariocas e turistas”, destaca.

Edição 24/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Conta de água comercial com 100% de aumento ainda sem solução

MEIs: Contadora explica aumento no valor da contribuição previdenciária

Ação conjunta prende homicida em Itaipava

Viação Teresópolis atualiza tabela divulgada pelo Detro e informa novos valores

Jacarandá, um lugar para visitar em qualquer estação do ano

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE