Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Teresópolis: DNIT interdita uma das calçadas do Corte da Barra

Previsão é que dispositivos de segurança serão instalados nos próximos dias

Luiz Bandeira

No início desta semana, mais uma vez uma pedra se desprendeu da encosta do Corte da Barra, trecho da Avenida Presidente Roosevelt, na Barra do Imbuí, e atingiu o para-brisa do carro da professora Sandra Barroso, que logo nas primeiras horas da última segunda-feira se deslocava em direção ao trabalho no Colégio Lions Clube, no Meudon. Essa foi mais uma situação do tipo nesse local, aberto na década de 1940 para facilitar o acesso à Teresópolis-Itaipava. São muitas as ocorrências de deslizamento de terra, queda de pedras, árvores e galhos da vegetação sobre a via e em alguns casos sobre condutores de veículos e pedestres. E, após a repercussão negativa de mais um fato do tipo, o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) enviou equipe ao local. Nesta terça-feira, 18, uma equipe da autarquia instalou uma tela para impedir que pedestres trafeguem por um dos lados do “Corte”, sendo mantidos no local nos horários de maior movimento funcionários para orientar os transeuntes.
Em nota encaminhada para a redação do Diário e Diário TV, o DNIT afirma que vai implantar dispositivos de segurança no local. “O DNIT informa que conta com equipe técnica no local monitorando e trabalhando na solução de engenharia. Por segurança a calçada de pedestres foi interditada. A Autarquia está monitorando a passagem de veículos com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Atualmente, está em andamento a implantação de dispositivos de segurança para proteção de quedas de pedras”. Enquanto produzíamos imagens para esta matéria, fomos abordados por uma senhora que não quis se identificar, mas que questionou se do outro lado do Corte “era seguro”. Sobre esse questionamento, podemos apenas afirmar que a pedra que atingiu o carro da professora se desprendeu justamente do lado onde os pedestres estão livres para passar atualmente…

Enquanto uma tela foi instalada para impedir o acesso dos pedestres, cones foram posicionados para controlar o tráfego de veículos


Na última segunda-feira buscamos um posicionamento da prefeitura sobre a situação. “O referido trecho da Avenida Presidente Roosevelt atualmente faz parte da BR-495 (Teresópolis-Itaipava) e sua manutenção é de responsabilidade do Governo Federal. O DNIT já fez contato com a proprietária do veículo atingido e anunciou que vai se responsabilizar pelos reparos. A Defesa Civil Municipal faz o monitoramento permanente das chuvas no entorno do Corte da Barra, inclusive interditando a via para a passagem de veículos e de pedestres em caso de risco de deslizamento de pedras/terra”, informou a Assessoria de Comunicação da PMT.
A prefeitura destacou também que, em parceria com o Deputado Federal Hugo Leal, desde setembro são articuladas com o Governo Federal, por meio do DNIT, ações de manutenção do referido trecho da BR-495 na área urbana de Teresópolis. Entre elas, serviços de conservação e, a partir deste mês de outubro, realização de procedimento licitatório e contratação de empresa para execução de obras de contenção de encosta no Corte da Barra, recapeamento asfáltico, revitalização das calçadas com nova sinalização horizontal e vertical e início de estudo para duplicação da ponte que dá acesso ao bairro Jardim Féo.

Histórico
Em 2018 a Defesa Civil instalou um luviômetro no local para monitorar os volumes de chuva. Na ocasião, o subsecretário era o atual secretário de Defesa Civil do município Coronel Albert Andrade, que deu a seguinte declaração: “Com essa medida, a Defesa Civil de Teresópolis terá acesso a informações sobre o volume de chuvas na região, o que possibilita uma tomada de decisão mais precisa em relação ao Corte da Barra”.

Edição 02/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Morreu os 74 anos o empresário José Carlos da Papelaria Globo

Mutirão de inscrições do Pré-vestibular Social em Teresópolis

Capela mais antiga de Teresópolis ganha rota cultural

É preciso quitar todas as dívidas do veículo para obter o CRLV 2024

Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE