Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Teresópolis: Família de Higuinho convoca os amigos do jovem, nas redes sociais para manifestação cobrando justiça

Motociclista morreu após ser atingido por carro conduzido por homem que consumiu bebida alcoólica

Luiz Bandeira
Família de jovem motociclista morto após ser atingido por carro está organizando nesta segunda-feira, 26, uma manifestação cobrando justiça, alegando ainda que há provas que atestam não ser um acidente a colisão que vitimou Higor Menezes Tavares Domingos, de apenas 19 anos, conhecido como “Higuinho” e entendem ainda que, deixar o motorista responsável por causar a morte do jovem motociclista impune, é revoltante. Os pais de Higor sempre que são questionados sobre o acidente fatal, demonstram certa revolta afirmando ainda que o motorista do carro é culpado pela morte por assumir o risco ao dirigir embriagado e por não prestar socorro ao seu filho e a moça que estava na carona da moto.


Relembre o caso
Segundo apurado no local do impacto, Higor conduzia uma Honda CG de cor preta pela Avenida Alberto Torres quando, nas proximidades da Casa & Vídeo, teria levado uma “fechada” de um veículo, que seria um Volkswagen Virtus Prata. Diante da manobra, ele teria perdido o controle da direção e colidido violentamente em um poste que divide a avenida que dá acesso ao bairro do Alto. O impacto foi tão forte que a estrutura de ferro foi derrubada. Uma jovem de 21 anos, residente no bairro do Golfe, estava na carona. Os dois foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para a unidade hospitalar, com a garupa ficando internada após atendimento médico.


Investigações mostram motorista comprando cerveja
Segundo a Polícia Civil, as investigações confirmaram que o condutor do Virtus, minutos antes de provocar o descontrole e consequente impacto da moto conduzida por Higor, comprava bebidas alcoólicas em um estabelecimento nas proximidades. O delegado titular da 110ª DP, Dr. Márcio Dubugras, falou em entrevista para a equipe do jornal O Diário, no dia 15 de julho, que imagens de câmeras de monitoramento flagraram que o motorista dirigia sob efeito de álcool, “Já apuramos que ele havia parado em um bar, comprado cerveja, em seguida causado o acidente fechando a moto, onde o condutor perdeu controle, acertou poste e morreu, além de deixar uma menina em estado grave no hospital. Depois que comprou cerveja, temos imagens dele parando o veículo e se desfazendo dos cascos de cerveja”. O relatório final da Polícia Civil foi no sentido de imputar ao motorista do Virtus homicídio doloso e tentativa de homicídio. O Ministério Público ofereceu denúncia, foi pedida a prisão do autor por duas vezes, porém a justiça não concordou com o pedido.
A convocação para a “manifestação a pedido de justiça” indica concentração em frente a Casa e Vídeo, segunda-feira, 26, às 15:00 horas.

Edição 02/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mutirão de inscrições do Pré-vestibular Social em Teresópolis

Capela mais antiga de Teresópolis ganha rota cultural

É preciso quitar todas as dívidas do veículo para obter o CRLV 2024

Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

Do abrigo para o lar, a importância das feiras de adoção de pets

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE