Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Teresópolis inaugura Casa de Acolhimento para atender pacientes em tratamento no Rio de Janeiro

A criação da Casa de Acolhimento e Apoio à Saúde é fruto de um projeto de lei do vereador e Presidente da Câmara Municipal, Leonardo Vasconcellos, e sancionado pelo Prefeito Vinicius Claussen.

A Prefeitura Municipal de Teresópolis inaugurou na última terça-feira (27), a Casa de Acolhimento e Apoio à Saúde, no centro do Rio de Janeiro. Com apoio da Câmara Municipal de Vereadores, a estrutura servirá como ponto de atendimento a pacientes que aguardam a realização de exames e necessitam de descanso até a viagem de volta ao município.
Na inauguração do espaço estavam presentes o Prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen, junto com a Secretária de Saúde, Dra. Clarissa Rippel, a Subsecretária de Atenção Integral à Saúde, Dra. Michelli Nogueira e também pela Coordenadora da Regulação Municipal, Dra. Luciana Castro. O Legislativo foi representado pelo Vice Presidente da Câmara Municipal Fabinho Filé, pelo Vereador Tenente Jaime e pelo diretor da Câmara Municipal, Edmar Ramos.
A criação da Casa de Acolhimento e Apoio à Saúde é fruto de um projeto de lei do vereador e Presidente da Câmara Municipal, Leonardo Vasconcellos, e sancionado pelo Prefeito Vinicius Claussen. A unidade é um marco para o município já que cerca de 1.100 pacientes são transportados todos os meses à capital do estado para a realização de exames e consultas de diversas especialidades. “Sabemos que muitas famílias precisam descer ao Rio de Janeiro para alcançar um tratamento específico, principalmente ligado ao câncer. Nosso endereço foi estrategicamente escolhido por estar próximo a todas as unidades do Inca. Eu parabenizo o Presidente Leonardo Vasconcellos pela iniciativa, que no momento em que me foi apresentada, levei até a equipe da Saúde, e nós a acolhemos com muito carinho”, disse o Prefeito Vinicius Claussen.
Localizado no centro do Rio de Janeiro, a estrutura contará com equipe formada por enfermeiros, assistente social e motoristas contratados pela Secretaria Municipal de Saúde. Em funcionamento, o centro de apoio poderá receber 12 pacientes simultaneamente, e a estrutura inclui: acessibilidade em portas e material didático e brinquedos para crianças acompanhadas por responsáveis.
“Realmente esta casa será uma inovação para os teresopolitanos quem vem ao Rio e possuem uma fragilidade maior. Será feito todo um atendimento para garantir a segurança do retorno destes pacientes”, comentou a Secretária de Saúde Dra. Clarissa Rippel.
O Vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Fabinho Filé também agradeceu ao Presidente Leonardo Vasconcellos pela apresentação do projeto de lei e reconheceu a necessidade deste serviço. “Além de todos os benefícios que a casa de acolhimento irá proporcionar para todos os pacientes que a utilizarão, a iniciativa ajudará principalmente os moradores do interior que precisam sair de casa na madrugada para poder vir ao Rio fazer o tratamento e tem que esperar até que o último paciente seja atendido pois agora eles terão um lugar adequado para aguardar a volta e agora também será possível ate nder mães com crianças pequenas e acolher todas as famílias”, afirmou.

Edição 24/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Conta de água comercial com 100% de aumento ainda sem solução

MEIs: Contadora explica aumento no valor da contribuição previdenciária

Ação conjunta prende homicida em Itaipava

Viação Teresópolis atualiza tabela divulgada pelo Detro e informa novos valores

Jacarandá, um lugar para visitar em qualquer estação do ano

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE