Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Teresópolis na final brasileira da Maratona de Programação

Estudantes do UNIFESO foram destaque na fase estadual e participarão da etapa de nível nacional

 
Os estudantes Gabriel Duarte, Alexandre Pereira e Gustavo Chermout, do curso de Ciência da Computação do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) integram a equipe que ficou entre as três finalistas da primeira fase da XXII Maratona de Programação, realizada no dia 9 de setembro, no Rio de Janeiro. Agora eles se preparam para a grande final brasileira, marcada para 10 e 11 de novembro, em Foz do Iguaçu (PR). “Estou muito alegre, pois o que começou como uma brincadeira e curiosidade rendeu o melhor resultado em uma competição de Maratona de Programação pela nossa Instituição. Conseguimos o terceiro lugar em uma sede com trinta e sete equipes, entre elas as melhores do Brasil. Agora é rumo à competição Brasileira”, comemorou o estudante Alexandre.
Para o coordenador do curso, professor Laion Manfroi, a premiação é motivo de grande orgulho. “À frente de todas as particulares do estado do Rio de Janeiro”, postou o professor em sua rede social, parabenizando os estudantes e agradecendo a motivação do professor Rafael Monteiro, que orientou a equipe.
Segundo Rafael, “a Maratona exige dos estudantes muito trabalho em equipe. Eles têm que cooperar revezando dois no papel e um no computador, pois só tem uma máquina por equipe. É uma dinâmica muito rápida, que parte de contextos simulados em que eles têm que escrever um programa de computador para resolver o problema apresentado”.
A Maratona de Programação é um evento da Sociedade Brasileira de Computação que existe desde o ano de 1996. Ela se destina a estudantes de cursos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins, promovendo a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão. Os times são compostos por três estudantes, que tentam resolver em cinco horas o maior número possível dos dez ou mais problemas que são entregues no início da competição.
O UNIFESO aposta anualmente, desde 2003, na Maratona de Programação interna promovida pelo curso de Ciência da Computação juntamente com o Seminário de Programação para incentivar e aprimorar os talentos locais. Na edição de 2017, a competição atingiu o recorde de inscritos com dez equipes na disputa da Instituição, selecionando as melhores para concorrer na primeira fase nacional.
 

Tags

Compartilhe:

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE