ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Teresópolis recebe duas feiras de livros simultaneamente

Data: 09/10/2019

Fica até sexta-feira no centro administrativo da Câmara o projeto

Em tempos de excesso de uso do telefone celular, onde a maioria das pessoas não tem se preocupado em desenvolver uma boa leitura e consequentemente produzir textos de qualidade, facilitar o acesso a publicações literárias é fundamental. Nesse importante investimento, Teresópolis conta hoje com grandes pilares: Estão acontecendo, simultaneamente, feiras de livros na Câmara Municipal e na Calçada da Fama, não esquecendo também o trabalho realizado pelo “Livreiro da Montanha”, que mantém sua banca na Várzea e outros pontos do município, além de loja na Rua Prefeito Sebastião Teixeira, Tijuca. No centro administrativo da casa legislativa fica até sexta-feira o projeto “Mais Leitura”, da Imprensa Oficial do Estado, que oferece livros novos custando entre R$ 2 e R$ 9. O horário de funcionamento é das 9h30 às 18h30.
O “Mais Leitura” desenvolve um trabalho de fomento a leitura e consegue muito material através de parcerias com editoras e revendedoras. Depois de passar por Teresópolis em outras oportunidades, encontrou na Câmara de Vereadores sua casa itinerante. Pleiteada pelo Presidente do Legislativo, Leonardo Vasconcellos, o projeto passou a ser realizado nas dependências da casa após anúncio de redução de investimentos pelo governo estadual. “Mais está acontecendo dentro das dependências da Câmara devido a dificuldade financeira do estado, que não tem mais como manter aquela tenda no Centro. Mas a Imprensa Oficial continua adquirindo livros em grandes lotes nas melhores editoras e renomados autores para que sejam ofertados de maneira acessível, com preços bem em conta", destaca Leonardo Vasconcellos.
A iniciativa, que conta com o apoio do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), já ultrapassou seis milhões de títulos vendidos e atendeu a mais de um milhão de cidadãos. Com o objetivo de democratizar o acesso à leitura, o projeto disponibiliza obras que vão desde clássicos da literatura, como títulos de Machado de Assis e Jorge Amado, passando por coleções infantis, até livros didáticos e acadêmicos. 

Feira na Várzea
Segue até o fim do mês na Calçada da Fama, na Várzea, a feira da Associação Brasileira do Livro (ABL), que tem quatro expositores comercializando publicações de todo o tipo, de usadas a partir de R$ 1 a grandes e novas obras que saem por valores acima de R$ 50. Em alguns estandes, também há variadas HQs. A ABL nasceu de uma ideia em abril de 1955, quando um vereador carioca expôs seus livros em uma barraca armada em frente à Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Alguns livreiros, admirando a iniciativa, resolveram aproveitar a ideia e tempos depois fizeram uma mostra semelhante em condições bem precárias, porém a exposição acabou se transformando num sucesso de vendas. Em outubro do mesmo ano, foi organizada a “1ª Feira do Livro” com 42 barracas, lá mesmo na Cinelândia, desenhadas pelo sócio/ fundador Antonio Severo de Sant’anna. A iniciativa foi novamente bem sucedida e mais tarde foi oficializada pelo então Prefeito Negrão de Lima. Em 1957, os associados resolveram fundar a ABL – Associação Brasileira do Livro, para desenvolver um trabalho que até hoje continua a despertar interesse da população. “Nossas Feiras são visitadas por todos que buscam a leitura como entretenimento, para estudo e também por intelectuais e amantes dos livros, tornando-se assim um verdadeiro acontecimento cultural em nossa cidade”, destaca a ABL em sua página.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ação de facções criminosas assusta população

Campanha pelo uso correto das vagas de deficiente em Teresópolis

Outubro Rosa, conscientização precoce do diagnóstico do Câncer de Mama

Programa Limpa Rio será retomado em Teresópolis

IBGE pode auxiliar no levantamento sobre moradores de rua

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ