Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Traficantes de Teresópolis recebiam maconha pelo Correios

Somente em uma das embalagens, agentes da 110ª DP apreenderam 12 quilos de Cannabis sativa

O crime vive se reinventando para tentar driblar as operações policiais, mas as forças de segurança também têm investido em treinamento e tecnologia para evitar o crescimento dos mais diversos tipos de delito. Em Teresópolis, um dos crimes que tem maior recorrência é o tráfico de drogas – que diariamente registra prejuízo e perde os “soldados” recrutados para realizar o comércio ilícito. Nesta quinta-feira (16), a Polícia Civil causou mais uma grande baixa nesse tipo de ato criminoso: dois homens foram presos após receberem, pelos Correios, grandes cargas de Cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha. Somente em uma das embalagens havia 12 quilos da erva ilícita. Além de Teresópolis, o mesmo traficante enviou drogas para Três Rios e Rio das Ostras, na Região dos Lagos.

Titular da 110ª DP, o Delegado Marcio Dubugras recebeu a reportagem do jornal O Diário e Diário TV para detalhar mais uma ação com saldo extremamente positivo realizada pelos agentes da PCERJ. “Há cerca de três meses Polícia Civil recebeu a informação que estavam sendo enviadas drogas para Teresópolis, através dos Correios. Em um caso específico, conseguimos detectar esse crime e prendemos a pessoa que recebeu uma caixa com 12 quilos de maconha, constando que havia sido enviada por uma pessoa do Paraná. Logo em seguida começamos a monitorar todas as encomendas enviadas por essa pessoa para o estado do Rio de Janeiro, tendo destinatários em Teresópolis, Três Rios e Rio das Ostras. Nesta quinta, a Polícia Civil conseguiu prender também quem recebeu em Três Rios e Rio das Ostras, além de mais uma prisão em Teresópolis. No caso de Rio das Ostras, o destinatário também tinha em casa material para endolação e armas”, explica Dubugras.

Delegado Marcio Dubugras realizando a abertura das encomendas de material ilícito em Teresópolis.

A Autoridade Policial do município destaca ainda a parceria com a Polícia Civil do Paraná. “Identificamos o remetente, que tem mandado de prisão remetido nesse trabalho realizado em conjunto com a polícia do Paraná. Ele está sendo procurado e continuaremos as investigações para chegar a outras pessoas envolvidas”, pontua.
Dubugras destaca também que, no caso da grande carga enviada para Teresópolis, por exemplo, ela seria desmembrada para facilitar o comércio. “Toda a droga veio em grandes tabletes, mas com certeza seria dividida em várias porções para ser revendida em vários bairros e até outras regiões do Rio de Janeiro, tamanha a quantidade encontrada”, explica o Delegado.
Importante frisar que a participação popular na investigação é prevenção de crimes é fundamental. A 110ª Delegacia de Polícia funciona na Rua Alfredo Rebelo Filho, 883, bairro do Alto, e atende nos telefones (21) 2641-6623, 2642-9252, 2642-9522 e 98596-7091.

“Toda a droga veio em grandes tabletes, mas com certeza seria dividida em várias porções para ser revendida em vários bairros e até outras regiões do Rio de Janeiro, tamanha a quantidade encontrada”, explica o Delegado Marcio Dubugras. Foto: Gilberto Oliveira/O Diário

Drogas destruídas
As drogas apreendidas ficam acauteladas em local extremamente seguro. De tempos em tempos, a Polícia Civil realiza a incineração desses entorpecentes. Na última ação, foram 350 quilos de drogas diversas, entre elas maconha, cocaína, crack e lança perfume, e outras em menor quantidade, recolhidos em ações da PM, PCERJ e Polícia Rodoviária Federal. “A gente vai apreendendo e espera uma grande quantidade, pois não tem como fazer sempre. Essa situação demanda processo que exige, além da perícia criminal no material, autorização judicial para poder fazer a incineração”, informa Marcio Dubugras.


Edição 19/06/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Prefeitura não paga e viação ameaça suspender transporte de idosos

Prefeitura encerra o “lixão da UPA”, denunciado pelo Diário

Lei Seca: 22 motoristas autuados em Teresópolis

Carro invade a calçada e bate na porta de loja, na Várzea

Teresópolis: Acordo da água ainda não foi homologado pela Agernesa

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE