Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

TRE-RJ nega pedido de adiamento da eleição suplementar em Teresópolis

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro negou, na sessão plenária desta quarta-feira (30), pedido da Comissão Provisória do Partido Democratas em Teresópolis para adiar, em razão dos problemas causados pela greve dos caminhoneiros, a eleição suplementar no município, marcada para este domingo (3).

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro negou, na sessão plenária desta quarta-feira (30), pedido da Comissão Provisória do Partido Democratas em Teresópolis para adiar, em razão dos problemas causados pela greve dos caminhoneiros,  a eleição suplementar no município, marcada para este domingo (3). A Corte entendeu que mudar a data do pleito seria "desnecessário e inviável", entre outras razões, porque poderia "acentuar ainda mais o quadro de instabilidade e desgoverno no município", agravado pela recente prisão de vários integrantes da Câmara Municipal de Teresópolis por suposto envolvimento em associação criminosa para a prática dos crimes de concussão e peculato.
"A excepcionalidade dos acontecimentos não me parece desautorizar a pronta realização do pleito, quer pelas notícias de que as coisas tendem a uma normalização, quer pela absoluta ausência de qualquer manifestação nesse sentido por parte dos magistrados que hoje conduzem o processo eleitoral na localidade, ou mesmo pela possibilidade de danos ainda maiores à administração do município de Teresópolis", redigiu o presidente do TRE-RJ, desembargador Carlos Eduardo da Fonseca Passos, que teve sua decisão ratificada de forma unânime pelo colegiado.
O desembargador acrescentou que, além das naturais limitações à designação de pleitos suplementares no mesmo semestre em que são realizadas eleições gerais, existe ainda a impossibilidade técnica da organização de qualquer disputa suplementar após 11 de julho deste ano, segundo informações prestadas pela Secretaria de Informática do TSE.
Para não prejudicar a livre circulação dos eleitores no dia do pleito , o TRE-RJ determinou a expedição de ofícios à Petróleo Brasileiro S/A e à Petrobrás Distribuidora S/A, para que seja priorizado o reabastecimento de combustíveis no município, bem como às empresas de ônibus locais, a fim de assegurar a manutenção da frota.

Tags

Compartilhe:

Edição 28/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira

Dia do Desafio: Sesc Teresópolis promove atividades gratuitas

Moradores de Albuquerque continuam convivendo com lamaçal

Ladrão de residência tenta fugir da PM pulando em rio

Homem é preso por grave agressão à mulher na Várzea

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE