Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Tricano manda a população enterrar e queimar o próprio lixo

Prefeito, que paga em média R$ 1 milhão por mês para terceirizada, pede que "teresopolitano faça sua parte"

Marcello Medeiros

“Teresópolis afunda em montanhas de lixo”. Reportagem publicada pelo jornal O DIÁRIO nesta quarta-feira atentou para a deplorável situação da coleta domiciliar no município, mostrando o grave problema em diversos bairros e informando ainda que a empresa terceirizada pela prefeitura para a prestação do serviço já recebeu, somente em 2018, quase R$ 1,5 milhão. Nesta quinta-feira pela manhã o gestor municipal, quem deveria fiscalizar ou orientar que seus subordinados o fizessem, foi para sua emissora de rádio e canal de televisão “responder ao jornal”. Porém, no lugar de anunciar que cobraria um posicionamento e regularização da coleta pela Inova Ambiental, ele incentivou a prática de crimes ambientais como “solução” para a enorme quantidade de lixo doméstico e outros resíduos de todo o tipo espalhados pelo município. A impressionante – e até inacreditável declaração – foi a seguinte: “Durante toda minha vida que morei no interior sempre fazia um buraco no fundo do quintal, pegava meu lixo e ia colocando ali. Depois ia queimando, o lixo ia deteriorando, aí fechava o buraco e depois abria outro. Hoje essa prática acabou. Todo mundo pega o lixo e bota na rua, não quer cavar, não quer fazer um sacrifício de quando o caminhão não passa na rua, por questões de chuva, de intempéries da natureza. Quem pode, quem tem tempo, pode fazer um buraco no fundo da sua casa e enterrar seu lixo. Por favor gente, acho que é assim que se procede”, enfatizou Mário de Oliveira Tricano, incentivando a poluição do solo e do ar, crimes que, inclusive, deveriam ser fiscalizados por um dos seus secretários, José Carlos Simonini, responsável pelo Meio Ambiente.
De acordo com a Lei 9.605/98, a Lei de Crimes Ambientais, a queima doméstica de resíduo domiciliar, de natureza vegetal ou qualquer outro tipo de resíduo em quintais é considerado crime. A punição prevista para quem for flagrado queimando restos de comida, plásticos, borrachas, podas de árvores, entre outros, é de multa que varia de R$ 500 a R$ 50 milhões, além de um a quatro anos de prisão. O artigo 54 informa o seguinte: “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, e causar poluição atmosférica que provoque a retirada, ainda que momentânea, dos habitantes das áreas afetadas, ou que cause danos diretos a saúde da população: Pena de reclusão, de um a quatro anos”.

Se fingindo de bobo
Apesar de o prefeito fingir desconhecer tal situação, a poluição do solo pelo lixo é um grave problema e deve ser evitado a qualquer custo. Além da transmissão de doenças, pode causar deslizamento de encostas, enchentes, danos na paisagem, assoreamento de mananciais e a contaminação do ar e da água, elevando o risco de contágio dos seres humanos. Além de incentivar a prática de crimes ambientais, Mário Tricano, que está há mais de dois anos no cargo, não resolve grave problema relacionado ao descarte de resíduos em Teresópolis, o lixão do Fischer. O outrora aterro sanitário é uma verdadeira bomba e, na semana passada, foi interditado pelo Instituto Estadual do Ambiente. Porém, agindo dentro de sua especialidade, o gestor municipal conseguiu uma liminar contra a decisão do INEA de fechar as portas da grande área localizada no quilômetro 75 da Rio-Bahia alegando “já estar tomando providências”.

“Esse prefeito é um lixo!”
O vídeo com a gravação de Mário Tricano dando absurda declaração em seu canal de televisão foi compartilhado nas redes sociais milhares de vezes nessa quarta-feira. Somente na página do jornal O DIÁRIO no Facebook, em poucas horas e até o fechamento desta edição já havia alcançado 30 mil pessoas, gerando cerca de 500 comentários e aproximadamente a mesma quantidade de compartilhamentos. Em sua totalidade, posicionamentos contrários ao inacreditável ato do gestor ficha suja, que só conseguiu ocupar a cadeira principal do Palácio Teresa Cristina mais uma vez graças a liminar no STF. Vejamos alguns deles:
– Ana Paula Ligneul Marx: “Realmente… Queimar para gerar poluição do ar, enterrar para poder contaminar o solo e os lençóis freáticos! É uma anta”.
– Michelle Siqueira Guimarães: “Ah para que já tá feio! Tricano deve ter surtado de vez, manda internar, meu Deus, será que ele não sabe que é crime ambiental queimar lixo ou qualquer dejeto? Tricano aproveita que você tem que sair por conta da justiça e sai sem ninguém perceber, pois já tá ridículo essas suas atitudes assim. Se arrependimento matasse eu era a primeira da fila a estar morta, pois você foi só decepção… Some de uma vez que é melhor, louco, maluco… Com certeza você não bate bem da cabeça, teu caso é internação!”.
– Fernando Carvalho: “Tinha que todos os Teresopolitanos colocar o lixo na casa dele, pagamos todos os impostos e vem o prefeito da cidade falar o monte de bosta, desculpe pelo vocabulário, só que ouvir isso é revoltante! Olha o cúmulo que chegamos”.
– Leonardo Mesquita: “Mais um crime, menos um crime, para ele (O Sr. Prefeito) está tudo normal”.
– Leonardo Gaspar: “Esse safado nessa época que abria esses buracos podia ter aproveitado e se enterrado junto ele e esse outro mentiroso que está ao seu lado, juntar o lixo e jogar lá no seu haras”.
– Felipe Ferraz: “O que procede meu caro prefeito é a prefeitura fazer a parte dela e se virar com lixo, pois pagamos impostos para ter coleta de lixo decente”.
– Ana Claudia Detimermane: “Senhor prefeito, deixe seu endereço aqui para que possamos levar nosso lixo pra enterrar no SEU terreno! Que eu saiba a responsável pela coleta de lixo é a administração pública! Pagamos impostos senhor prefeito, não é favor… É sua obrigação!”. 
– Francis Sondermann: “Vou sim! Levar para suas fazendas enterrar lá.  Com um detalhe, enterrar você e sua turma juntos. O problema vai ser contaminação do solo. Não nascerá nem erva daninha”.
– Lane Parreiras: “Se coloca fogo no lixo aparece Bombeiro, Defesa Civil e ainda da uma multa. Parece piada, só esse prefeito mesmo pra falar tanta doideira, vamos colocar o lixo na porta dele”. 
– Adriana Warol: “Eu tenho uma ótima sugestão, sabem o hotel Jecava? Então, vamos todos lá faremos um buraco naquele terreno gigantesco e enterramos lá!
Imagina para quem mora em apartamento?”.
– Alexandre Martins: “O povo de Teresopolis, cidade onde eu morei, mas não votei, merece o prefeito que tem, pois este não é o primeiro mandato deste sem vergonha, e nem será o último, pois, infelizmente no Brasil as pessoas não sabem votar”.

 

TERESÓPOLIS AFUNDA EM MONTANHAS DE LIXO

http://www.netdiario.com.br/noticias/teresopolis-afunda-em-montanhas-de-lixo

 

Tags

Compartilhe:

Edição 23/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Polícia procura corpo de Anic em sítio que Lourival pesquisou na internet

Saúde: mãe denuncia dificuldade para internação de criança em Teresópolis

“RJ para Todos” faz quase 400 atendimentos na Barra do Imbuí

Vasco da Gama enfrenta o Náutico em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE