Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Uma árvore tomba e prefeitura corta outras duas

- Um dos espécimes derrubados é de raro exemplar de Espatódea

Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (12), um veículo foi parcialmente atingido por uma árvore na Rua Waldir Barbosa Moreira, antiga Primeiro de Maio, nas proximidades do terminal rodoviário. Agentes da Defesa Civil foram acionados, vistoriaram o local e acionaram equipe da secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos para remoção do tronco e galhos que haviam danificado o automóvel, estacionado ao lado da via. Na continuidade do trabalho, porém, outras duas árvores que estavam no mesmo trecho do canteiro também foram cortadas praticamente na base. Uma delas, um raro exemplar de Espatódea (Spathodea campanulata) com flores na cor amarela. As mais comuns são as vermelho-alaranjadas, vistas em quase toda a cidade, inclusive a que caiu nesta quinta-feira.
Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura para saber se, mesmo aparentando estarem saudáveis, tais árvores vizinhas à que tombou apresentavam algum risco e, portanto, realmente precisavam ser derrubadas. Em nota encaminhada para a redação do jornal O Diário no final da tarde de ontem, foi informado que, por se tratar de árvore exótica – a Espatódea é de origem africana – ela não indicada para calçadas por apresentar raízes superficiais. “No caso particular da Rodoviária, as árvores foram plantadas muito próximos à galeria do Rio Meudon, que com o encharcamento do solo, as raízes ficaram frágeis, não suportando a força do vento.  Com a ocorrência desta quinta-feira, a Defesa Civil condenou duas outras árvores de mesma espécie e uma pata de vaca. Essas três já foram suprimidas e a Subsecretaria de Parques e Jardins já está providenciando cinco novos exemplares para reposição”, informou a PMT.
Além de levar ao chão um exemplar vegetal de beleza incomum, a situação chamou ainda mais a atenção do teresopolitano porque, nos últimos meses, a prefeitura cortou diversas outras árvores na zona urbana do município – a maioria alegando problemas com erva de passarinho.

Tags

Compartilhe:

Edição 18/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

SPVAT: entenda o que muda com o novo seguro de trânsito

Lar Tia Anastácia precisa de doações de alimentos

Teresópolis, o destino multifacetado que encanta a todos

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Desconto “FAKE NEWS”: Água continua sendo cobrada com cerca de 100% de aumento

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE