Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Vacinação: Campanha prorrogada até 31 de outubro em Teresópolis

Município vacinou menos de 50% do público alvo para a imunização contra a poliomielite

Luiz Bandeira

A Prefeitura de Teresópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde, prorrogou até o dia 31 de outubro a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. A decisão busca aumentar cobertura vacinal e a extensão deste prazo beneficiará crianças de 1 a 4 anos de idade imunizadas contra a Poliomielite e também crianças e adolescentes menores de 15 anos que precisam atualizar a Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente. Na última segunda-feira, 24, a secretária municipal de Saúde, Dra. Clarissa Guita, esteve na redação do jornal O Diário e Diário TV e falou sobre sobre o esforço da pasta que comanda para ampliar a imunização do jovem teresopolitano. Ela revelou que a cobertura vacinal contra a Pólio está abaixo de 50% do público alvo. “A procura ainda está baixa, nós pedimos às mães que tem crianças de um a quatro anos e onze meses, que levem as suas crianças aos postos”, apela a secretária de Saúde. Todos os postos ofertam a vacina diariamente das 08h às 17h, de segunda à sexta-feira. As unidades que possuem o programa “Saúde na Hora”; Rosário, Meudom e Fonte Santa, atendem das 08h às 19h e aos sábados de 08h ao meio-dia.
De acordo com dados mais recentes do Programa Nacional de Imunização (PNI), o município aplicou a vacina em 43,49% do público-alvo sendo: crianças de um ano (50,69%); dois anos (42,09%); três anos (39,06); e quatro anos (42,67%). A secretária lamentou na entrevista ao Diário essa baixa cobertura vacinal “A nossa cobertura ainda está aquém. Nós aplicamos até hoje pouco mais de quatro mil doses e o nosso esperado é de ultrapassar nove mil doses. Crianças de um ano a quatro anos e onze meses devem ser vacinadas”, alerta Dra. Clarissa.
Esta baixa cobertura vacinal vem sendo observada em todo o país e afeta a imunização para variadas enfermidades. Especialistas apontam o problema como resultado das restrições necessárias para evitar o contágio da Covid19 durante a pandemia. A secretária de saúde reforçou a necessidade de aproveitar a campanha para colocar em dia a vacinação em Teresópolis. “Os nossos postos agora ofertam livremente as vacinas contra a meningite, gripe. Antes na fase do Covid-19, a vacinação estava um pouco restrita, mas agora a vacina está com livre demanda em todos os postos da cidade, então mamães, papais, vovós levem as crianças para vacinar”.
A campanha também continua com a atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e Adolescente, para menores de 15 anos de idade, pais ou responsáveis devem por tanto, levar seus filhos à unidade de saúde mais próxima com documento original (RG e CPF), além da Caderneta de Vacinação.

Edição 22/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Moradores denunciam possível foco do mosquito em casa abandonada

ÔNIBUS: Rodoviários de Teresópolis podem parar no próximo fim de semana

SindPMT vai debater contratação de 475 trabalhadores “por fora” para a Educação

Oncoginecologista do Hospital São José atenta para perigos do câncer feminino

Caixa lança edital de concurso com 3,2 mil vagas para técnicos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE