Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Confirmada a morte da professora Lília

IML identifica corpo encontrado na cachoeira de Quizanga

Da Redação

No final da tarde desta quinta-feira (21), o Instituto Médico Legal de Nova Friburgo divulgou o resultado do exame de necropsia realizado em um corpo encontrado dois dias atrás na cachoeira da Quizanga, em Cachoeiras de Macacu, como sendo o da professora de matemática aposentada Lília Escóssia de Vasconcellos, de 75 anos, que por muitos anos trabalhou no Colégio Estadual Edmundo Bittencourt (CEEB). Ela estava desaparecida há quase uma semana, sendo vista pela última vez na quarta-feira anterior, dia 13 de junho, quando seguia da região central de Cachoeiras de Macacu para a localidade de Matumbo/Areal, também naquele município, onde possui um sítio. Ela também era produtora de orgânicos e havia participado de reunião sobre o tema. "Infelizmente venho comunicar a confirmação do falecimento da minha mãe, agradeço imensamente por todas as orações e mensagens de solidariedade por nossa família. Amanhã informaremos o local e horário do sepultamento. Que ela descanse em paz!", publicou a filha Chrystianne Sequeira em sua página na rede social Facebook.

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 25/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Moradores de Albuquerque continuam convivendo com lamaçal

TCE-RJ emite parecer prévio favorável à aprovação das contas do Governo do Estado

Teresópolis recebe ações pelo “Maio Laranja”

Lançamento da pré-candidatura de Alex Castellar

Mudanças na temperatura podem provocar gripes e resfriados

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE