Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Crimes contra a vida, roubos de rua e de carga têm redução no Estado do Rio

Redução do homicídio doloso em maio foi de 21%, o menor valor desde 1991

O Estado do Rio de Janeiro registrou, mais uma vez, redução nos crimes de homicídios dolosos (intencionais). Em maio a diminuição foi de 21% em comparação com o mesmo período de 2021. Foi o menor valor para o mês dos últimos 31 anos. Nos cinco primeiros meses de 2022, o indicador estratégico também apresentou diminuição, de 17%.

Ainda nos crimes contra a vida, a letalidade violenta (que inclui homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte por intervenção de agente do estado) reduziu 9% em maio de 2022 em relação a maio de 2021 e 20% no acumulado contra o mesmo período do ano anterior. As mortes por intervenção de agente do estado diminuíram 22% nos cinco primeiros meses deste ano.

Outro crime que continua apresentando redução é o roubo de rua (roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular): de janeiro a maio de 2022, houve 15% de diminuição, ou seja, foram menos 4.570 roubos em comparação ao mesmo período de 2021. Nos crimes contra o patrimônio, os roubos de veículos e os roubos de carga também registraram reduções expressivas no mesmo período, de 10% e 13% respectivamente.

  • Mais uma vez tivemos reduções importantes nos principais indicadores estratégicos de criminalidade, o que comprova que estamos no caminho certo. Este mês retomamos o pagamento do Sistema de Metas, numa prova de reconhecimento ao trabalho que as polícias Civil e Militar vem desenvolvendo para alcançar esses resultados -, destacou o governador Cláudio Castro.

A diretora-presidente do Instituto de Segurança Pública (ISP), Marcela Ortiz, analisa as reduções:

  • Além dos crimes contra a vida, voltamos a ter reduções nos roubos de rua e carga. O roubo de rua, por exemplo, é um crime que provoca uma grande sensação de insegurança na sociedade e sua diminuição é uma grande conquista -, afirmou.

Principais indicadores:

·Homicídio doloso: 1.248 vítimas nos primeiros cinco meses de 2022 e 210 em maio – estes foram os menores valores para o acumulado e para o mês desde 1991. Na comparação com 2021, o delito registrou redução de 17% em relação ao acumulado do ano e de 21% em relação ao mês.

·Letalidade violenta (homicídio doloso, roubo seguido de morte, lesão corporal seguida de morte e morte por intervenção de agente do estado): 1.830 vítimas nos primeiros cinco meses de 2022 e 354 em maio – estes foram os menores valores para o acumulado e para o mês desde 1991. Na comparação com 2021, o indicador registrou redução de 20% em relação ao acumulado do ano e de 9% em relação ao mês.

·Roubo de carga: 1.651 casos nos cinco primeiros meses de 2022 e 308 em maio – estes foram os menores valores para o mês e para o acumulado desde 2013. Na comparação com 2021, o indicador registrou redução de 13% em relação ao acumulado do ano e de 21% em relação ao mês.

·Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): 25.457 casos nos cinco primeiros meses de 2022 e 5.181 em maio – este foi o menor valor para o acumulado desde 2005. Na comparação com 2021, o indicador registrou redução de 15% em relação ao acumulado do ano e de 8% em relação ao mês.

·Roubo de veículo: 9.825 casos nos cinco primeiros meses de 2022 e 2.079 em maio – este foi o menor valor para o acumulado desde 2012. Na comparação com 2021, o indicador registrou redução de 10% em relação ao acumulado do ano e aumento de 4% em relação ao mês.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de maio. Para mais informações sobre os indicadores, acesse o site do ISP.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 13/08/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Policial civil denunciado por lavagem de dinheiro é preso no Rio

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Petrópolis x Teresópolis, a travessia mais bonita do Brasil