Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Aferição periódica dos taxímetros em novo local

Procedimento obrigatório garante prestação de serviço justo para usuários desse serviço

Na hora de utilizar qualquer serviço controlado por algum equipamento eletrônico , é necessário saber se ele está funcionando bem e se o preço final é que deve ser pago. Um desses é o taxímetro, utilizado nos veículos de transporte de passageiros em todo o país para marcar o valor que deve ser quitado ao final da corrida, constando ainda uma tarifa base inicial independente da distância a ser percorrida. Visando a prestação de um serviço justo para o consumidor, anualmente é realizada uma aferição obrigatória desses equipamentos. “Cada taxímetro tem que estar verificado pelo IPEM, órgão do estado, e por relojoeiros credenciados. É uma verificação periódica anual, sendo necessária também para caso de  permuta ou troca do veículo. Nos casos de mudança de tarifa, essa verificação é ainda maior, pois é preciso trocar a memória do equipamento. É por respeito à população que temos que verificar balanças, taxímetros, qualquer equipamento do tipo, é respeito ao consumidor”, relata Onofre Corrêa, Diretor Presidente do Sindicato dos Profissionais Autônomos de Táxi de Teresópolis. 
Em 2018, não somente os passageiros ganharão com a realização de tal fiscalização. Na etapa deste ano, os profissionais do volante não precisarão se dirigir a outros municípios para ficar em dia com a legislação vigente. Entre 30 de julho e 09 de agosto, das 9h às 16h, o serviço será prestado na Ciretran – Rua Josefa Jorge Copelo, 390, Araras.
“Já tivemos o Ipem em Teresópolis, mas por motivos políticos perdemos. Em outros anos, tivemos que buscar até outros municípios para tal serviço. Agora vamos fazer aqui mesmo ocupando o escritório da Ciretram e pista próximo da Casa de Cultura, onde não tem interferência de trânsito, para a análise de pista correta, justa, sem prejuízo a ninguém. É importante evitar que o taxista tenha que ir para outro município, o que já é um gasto, e, às vezes, quando tem defeito no taxímetro precisar voltar Teresópolis para ir ao relojoeiro e passar pelo procedimento novamente”, pontua Corrêa.
Os profissionais do volante deverão apresentar original e cópia dos seguintes documentos: Último certificado do IPEM/RJ, GRU paga com agendamento (O valor da GRU é de R$ 52,18), último CRLV, documento do GNV (ser for o caso), documento de identidade, comprovante de residência (caso tenha alteração). Além disso, todos os veículos deverão ser agendados pelo site www.servicos.rbmlq.gov.br/agendamento. Em caso de permuta ou transferência levar a documentação da Prefeitura e do relojoeiro. Caso o veículo não possa comparecer durante o período de aferição por qualquer motivo, o permissionário será autuado com direito de defesa no prazo de 10 dias da autuação. Quem aferiu o taxímetro em 2018 está livre desse procedimento. Para obter auxílio do Sindicato dos Profissionais Autônomos de Táxi basta entrar em contato com os telefones 99317-6353 (Mayara) e 99959-4252 (Luciano).

Novos pontos de táxi
Em entrevista ao jornal O DIÁRIO e DIÁRIO TV na última quinta-feira, Onofre Corrêa falou ainda da abertura de novos pontos de táxi no município, em especialmente em relação aos aguardados locais para a prestação de serviço em frente a supermercado que será inaugurado no bairro da Ermitage com o objetivo de atender, principalmente, os moradores do grande condomínio inaugurado cerca de um ano atrás para famílias vítimas da Tragédia de 2011. Ele lembra que, apesar do trâmite inicial para o início da prática do serviço, as mudanças políticas no município acabaram atrasando tudo.
“Quando era prefeito o Pedro Gil um empresário da localidade pediu que encaminhasse ofício pedindo novas vagas de táxi para lá. Foram cedidas três vagas e ele achou pouca. Aí pedimos para remanejar do interior, Bonsucesso, que tem 27 vagas, Pessegueiros que tem três pontos e Cruzeiro com dois, sendo que esses últimos os taxistas nem vão. Também pedimos que fosse feito por sorteio esse remanejamento de pessoal. Nessa mudança toda, não tive resposta. Agora, com a entrada do novo prefeito, Vinicius Claussen, estou aguardando uma vaga na agenda para discutir novamente isso. Importante destacar que quero que seja sorteio, para que um ou outro seja beneficiado. É preciso ser justo”, enfatizou.

 

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 13/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Receita Federal em Teresópolis fala sobre declaração de IR 2024

“Agroturismo”, um convite para novas descobertas em Teresópolis

Direito do Unifeso é avaliado pelo MEC como 4º melhor do estado do RJ entre 94 universidades públicas e privadas

“Tesouros da Serra” prestigia o Fórum Regional de Turismo

Domingos de abril com promoção no Parc Magique e fazendinha do Le Canton

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE