Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Ano começa com grande número de casos de estelionato

Primeiro mês do ano teve 22 ocorrências registradas na 110ª Delegacia de Polícia

Marcello Medeiros

O Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro liberou os primeiros dados relacionados aos registros de ocorrência feitos nos setores de plantão das delegacias do estado no primeiro mês do ano, números que mostram que o furto é o crime com maior número de comunicações em Teresópolis. Somente entre os dias 1º e 31 de janeiro, 126 pessoas estiveram na 110 DP para comunicar a subtração de algum objeto. Mas esse não é o único de tipo de ilícito que chama a atenção. De acordo com o ISP, 2018 começa com grande número de reclamações de estelionato. Foram 22 vítimas, contra nove no mesmo período do ano anterior. Importante lembrar ainda que o número final pode ser ainda maior do que o balanço feito pelo órgão estadual, visto que é comum vítimas de crimes desse tipo não procurarem a polícia com vergonha do fato envolvido – geralmente quando a pessoa acredita em alguma história mirabolante que lhe dará algum lucro.
Em um dos crimes mais “comuns”, a vítima aceita comprar um suposto bilhete premiado sem sequer verificar os números sorteados, acreditando na alegação do autor “que está com o nome no Serasa e assim não poderá receber o valor do prêmio”. A orientação da Polícia Militar é que todo o tipo de crime seja comunicado, para facilitar assim a investigação e também o trabalho preventivo.
Algumas dicas para dificultar a vida da bandidagem são: – Não acredite em “ofertas milagrosas” ou “negócios da china”, especialmente por telefone ou internet. – Tome cuidado com pessoas que o abordam com promessas de prêmios ou brindes. A grande maioria dos casos não passa de armação. – Se você for abordado por alguém dizendo ser policial, exija sua identificação funcional. É um direito e garantia que você dispõe. – Não aceite ajuda de estranhos em caixas eletrônicos. – Nunca aceite orientações de supostos técnicos de telefone que oferecem vantagens em tarifas (para telefone fixo ou celular) e pedem que você digite alguma sequência de números em seu telefone, visto que algumas formas de clonagem acontecem assim. – Cuidado com benzedeiras, rezas, despachos, curandeiros e charlatões que falam em curas milagrosas. – Reserve seus donativos para entidades idôneas. – Vá sempre acompanhado na hora de fazer grandes saques, principalmente em caixas eletrônicos e se tratando de pessoa idosa. Os golpistas têm olheiros para informar quem está saindo com muito dinheiro. – Na internet, atenção redobrada e dar preferência a websites conhecidos, de boa reputação, confiáveis e, que tenham números de atendimento ao cliente e endereço físico.

 

Tags

Compartilhe:

Edição 25/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mudanças na temperatura podem provocar gripes e resfriados

Grandes apreensões de drogas na Barra e Vale da Revolta

Lojistas do Regadas notificados para confirmação de festa

Cultura de Raiz tem edição especial neste domingo para comemorar as festas juninas

Polícia Militar reforça patrulhamento ostensivo em Teresópolis

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE