Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Aumento do número de brigas em escolas de Teresópolis motiva criação de força-tarefa

Equipes da PM e da secretaria municipal de Segurança Pública atuarão em conjunto para diminuir conflitos

Uma reunião realizada nesta terça-feira, 17, teve como pauta o alinhamento de ações estratégicas a fim de prevenir a ocorrência de conflitos entre alunos de escolas da rede municipal de educação. Participaram do encontro o secretário municipal de Segurança Pública, Marcos Antonio da Luz, o subsecretário e comandante da Guarda Civil Municipal, Gil Wellington, o capitão Amorim, do 30º Batalhão de Polícia Militar, e o major Rômulo, coordenador de base da Operação Segurança Presente no município, mostrando que mais uma vez as forças de segurança de Teresópolis atuarão em conjunto para buscar soluções.
“Identificamos algumas unidades escolares que têm registrado tumulto e princípio de brigas nos horários de entrada e saída dos estudantes. Vamos trabalhar de forma conjunta para prevenir esse tipo de ocorrência e garantir a segurança da comunidade escolar”, informa Da Luz, secretário de Segurança, destacando que é fundamental a participação das famílias na orientação e conscientização de crianças e adolescentes sobre regras de convivência e comportamento. “Não divulgaremos as escolas, nem os dias em que as ações serão realizadas. O Conselho Tutelar também será acionado para auxiliar esse trabalho preventivo”, conclui Gil Wellington.

Segurança Presente
Recém-inaugurado, o projeto Segurança Presente é um modelo de policiamento de proximidade que veio complementar a atuação da Polícia Militar na cidade de Teresópolis. Com o objetivo de promover ações de segurança pública, cidadania e atendimento social, as operações visam um ambiente mais seguro e acolhedor aos moradores, comerciantes e turistas da região central da cidade. Esse é um projeto de segurança pública implantado pela primeira vez em 2014, na cidade do Rio de Janeiro para reforçar o policiamento na região da Lapa, reforçando o trabalho do 5º BPM. Logo se estendeu para outros bairros da capital do estado devido, sobretudo, aos resultados obtidos para a segurança das regiões atendidas. Outras cidades do estado já haviam experimentado bons resultados com a implantação do programa, que chegou a Teresópolis no final do mês de março e bastante elogiado pela população. As patrulhas estão sendo feitas em toda a Reta, ruas paralelas como na Delfim Moreira, Carmela Dutra e Heitor de Moura Estevão, além da Praça Olímpica e a Praça de Santa Tereza. Nos fins de semana, o trabalho é estendido até a Feirinha do Alto. O horário das patrulhas é sempre das 08h às 20h todos os dias da semana. Na implantação do Segurança Presente houve uma expectativa equivocada de parte da população de que o patrulhamento seria realizado à noite e em toda a cidade, mas nunca houve essa intenção já que nas 24 horas do dia o policiamento do 30º BPM atende o propósito de manter toda a cidade segura.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 02/07/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Veículo abandonado em via pública é incendiado

Câmara aprova representação contra o prefeito de Teresópolis