Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Bicho-preguiça visita pousada no bairro do Alto pela segunda vez em uma semana

Após ter sido devolvido para a mata, mamífero voltou dias depois para o mesmo local e está encantando a todos com sua fofura

Isla Gomes

Nesta segunda-feira (26), a Pousada Chamonix, localizada na rua Gonçalo de Castro, no bairro do Alto, recebeu pela segunda vez em menos de uma semana a visita ilustre de um bicho-preguiça. Em entrevista ao Diário, um dos funcionários do local contou como foi se deparar com essa dupla surpresa. “Já é a segunda vez que esse bicho-preguiça aparece por aqui. Da primeira vez devolvemos ele para a mata aqui do lado da pousada, que é vizinha ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Mas, como ele voltou em menos de uma semana, dessa vez iremos deixa-lo a vontade, já que aqui é um ambiente arborizado e do lado da mata, acreditamos que esse lindo animalzinho vai achar seu próprio rumo”, conta Alan Gomes, recepcionista.

“Ficamos lisonjeados de receber esse e outros animais silvestres aqui. Acreditamos que se esse bicho-preguiça voltou é por ter se sentido seguro e bem acolhido. É um privilégio que a gente tem no município de Teresópolis, de estar rodeados de natureza”, destaca o funcionário do local, Alan Gomes. Foto: Isla Gomes/O Diário

De acordo com biólogos, a preguiça dificilmente desce das árvores. Só faz isso quando precisa evacuar e urinar, o que costuma ocorrer uma vez a cada sete dias. Neste âmbito, nosso entrevistado destaca a satisfação de perceber que esse bichinho se sentiu confortável e acolhido a ponto de retornar ao local. “Ficamos lisonjeados de receber esse e outros animais silvestres aqui. Acreditamos que se esse bicho-preguiça voltou é por ter se sentido segura. É um privilégio que a gente tem no município de Teresópolis, de estar em um espaço rodeado de natureza. É importante ter consciência, preservar, cuidar, para que a gente continue tendo essa felicidade de ver tantas espécies lindas vivendo na nossa cidade”, ressalta Alan.

Nesta segunda-feira, dia 26 de fevereiro, a Pousada Chamonix, localizada na Rua Gonçalo de Castro, no Alto, recebeu pela segunda vez em menos de uma semana a visita ilustre de um bicho-preguiça. Foto: Isla Gomes/O Diário

Detalhes sobre o mamífero
As preguiças são animais inofensivos que se caracterizam por realizarem movimentos lentos e possuírem hábito arbóreo. Esses animais são chamados de folívoros, uma vez que se alimentam, basicamente, de folhas. Vale salientar que algumas espécies alimentam-se também de frutos e flores. Eles são animais sedentários e possuem uma taxa metabólica baixa, ou seja, esses bichinhos podem levar semanas para digerir algo que outro animal faria em questão de horas. Além disso, as preguiças dormem de 10 a 20 horas por dia. O bichinho tende a permanecer em locais de altitude, já que as copas de árvores são seu ambiente natural, e não costuma caminhar pelo chão. Com o desmatamento e as queimadas no seu habitat, é possível encontrar preguiças em fuga em áreas urbanas. 

Quais as ameaças ao bicho-preguiça?
De acordo com a APPC (Associação Pan-Americana para a Conservação), o que tem gerado a redução da população de bichos-preguiça é a fragmentação de florestas, como resultado do desmatamento e da destruição de habitat. Como esses animais se deslocam por entre as copas das árvores, sem elas o bicho-preguiça é forçado a descer para o solo, onde ficam vulneráveis aos seus predadores, como: cobras, onças e outros carnívoros. O animal também pode chegar a rodovias, onde correm o risco de serem atropelados, já que para atravessar uma única rua demoram cerca de cinco minutos.

É importante ressaltar que, caso alguém encontre um animal silvestre em situação de perigo, o Corpo de Bombeiros deve ser acionado através do número 193 – Isla Gomes – O Diário de Teresópolis


Edição 12/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Rua Dr. Aleixo permanece interditada e buraco gera transtornos para a população

prefeitura

Em apenas dois meses, prefeitura recebeu mais de R$ 30 milhões do governo estadual

Diploma não poderá ter identificação de modalidade de ensino à distância

Dom Joel ministra o sacramento da Crisma na Paróquia São Pedro

Teresópolis participa da 12ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE