Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

“Bloquinho do lixo” só aumenta na Granja Primor

Com coleta irregular, Rua Capixaba é outro exemplo de lixo espalhado e risco de doenças

Em mais um exemplo que o serviço de coleta de lixo domiciliar segue deficitário em Teresópolis, mantendo em bairros com grande número de moradores o atendimento semelhante àqueles onde passar apenas duas vezes na semana seria mais do que suficiente, a Rua Capixaba, na Granja Primor, uma das divisões do populoso Bairro de São Pedro, “está uma vergonha só” – como relatou ao Diário uma moradora. Segundo ela, há demora no atendimento da empresa terceirizada pelo município, a mesma há várias gestões, indiferente se presta um bom serviço ou não, e, dessa forma, muitas sacolas ficam têm ficado espalhadas em via pública.
“É a mesma situação de sempre, entra prefeito, sai prefeito e a empresa continua prestando um serviço ruim. Esse tal que disse que era o novo, é mais um velho que parece não pensar realmente em Teresópolis. Fica sempre um monte de sacola espalhada, os cachorros espalham tudo e depois vai ficando cada vez mais difícil de limpar. Até quando isso?”, questiona a moradora Luiza Portella.
No mesmo dia, um motorista de aplicativo que trabalha no município entrou em contato com a reportagem do Diário (através do nosso Whatsapp 2742-9977) para falar sobre o mesmo problema. “Essa Rua capixaba é uma vergonha. E depois o prefeito ainda quer falar em criar taxa de lixo? Cadê o tal choque de gestão? O novo?”, pontuou o trabalhador, pedindo para não ser identificado por ser cadastrado no sistema para atuar em Teresópolis e temer represália por mostrar sua indignação quanto à falta de tato com situações facilmente resolvíveis.
Importante frisar que o descarte irregular, ou a situação retratada acima, de lixo espalhado em via pública por conta da ineficiência do serviço de coleta, pode representar problema de saúde pública. Afinal, os resíduos orgânicos atraem vetores de doenças como ratos e mosquitos – lembrando que estamos em um momento em que a escalada da dengue é latente em todo o país.

Edição 13/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Protetoras sem respostas às críticas feitas à gestão municipal

Sesc Alpina recebe mais uma edição da ChocoSerra

Licenciamento de veículos: taxa de emissão do CRLV-e volta a ser cobrada

“Agroturismo”, um convite para novas descobertas em Teresópolis

GAECO/MPRJ obtém bloqueio de R$ 6 milhões do ex-prefeito do município de Carmo e de outros envolvidos em fraude na compra de respiradores

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE