Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Carnaval do Rio tem operação especial da Lei Seca em todas as regiões

Fiscalizações serão diárias e mais intensas em cidades turisticas

Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro 

A Secretaria Estadual de Governo do Rio de Janeiro preparou uma operação especial da Lei Seca para o carnaval deste ano. Pela primeira vez, todas as regiões do estado terão fiscalização diária e os policiais contarão com a ajuda de drones operados pelos agentes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

A operação, lançada na noite de ontem (15), prevê a realização de fiscalizações principalmente nos municípios que recebem muitos turistas, como os da Costa Verde e da Região dos Lagos, além de ações nos bairros da capital com mais desfiles de blocos de rua. 

Participam da megaoperação 216 agentes e 53 veículos, que vão atuar em até 15 pontos diários de fiscalização, tanto nos fins de tarde quanto no horário da noite, além de motopatrulhas para inspecionar os motoristas que tentam escapar das ações por rotas alternativas.

“Montamos a maior operação já realizada pela Lei Seca em seus 13 anos. Mapeamos os municípios que vão receber uma demanda grande de turistas e planejamos ações para inibir que motoristas dirijam depois de beber. Queremos reduzir os índices de acidentes e sabemos que a combinação álcool e direção está por trás da violência no trânsito”, disse, em nota, o secretário de Governo, Chico Machado.

Drones

Além da fiscalização tradicional, a Lei Seca terá o apoio de drones, o que permitirá mapear melhor as áreas para reduzir as tentativas de fuga dos motoristas. Outro objetivo é ajudar na identificação dos casos de troca de condutor pelo carona, que podem ocorrer nas imediações da blitz, em uma tentativa do motorista escapar das multas por alcoolemia.

“É importante colocar toda tecnologia do estado em apoio às instituições, principalmente quando o objetivo é reduzir o número de acidentes”, afirmou o secretário do GSI, Edu Guimarães. 

Educação nos blocos

Além da atuação dos policiais nas operações, os agentes PCD (pessoas com deficiência) da Lei Seca também estarão nas ruas durante o carnaval. Serão oito equipes diárias atuando nos blocos e nos desfiles da Avenida Marquês de Sapucaí, na conscientização dos motoristas.

Os agentes PCD são vítimas de acidentes no trânsito.

Compartilhe:

Edição 19/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Homem é preso com quatro armas e munições em Teresópolis

Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE