ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Ciclistas unidos para ajudar famílias carentes em Teresópolis

Data: 28/11/2019

Marcos

Marcello Medeiros

Esqueça o tradicional trenó puxado por renas. Em algumas comunidades de Teresópolis, o Papai Noel vai chegar em duas rodas, pedalando a todo vapor e levando alegria para muitas crianças que, durante todo o ano, costumam acompanhar os ciclistas locais em seus treinos diários ou nos passeios de fim de semana. Essa é a ideia do projeto “Bike Noel”, que chega a décima quarta edição em 2019 e pretende ampliar o número de bairros atendidos, contribuindo para um final de ano mais feliz para muitos pequenos teresopolitanos. “Esse projeto começou bem pequeno, eu, Ailson e o Mario Saragô. Começou com uma caminhonete, passou para caminhonete e um carro, uma Kombi e depois um caminhão para levar os presentes. Hoje as crianças desses locais já esperam nossa passagem nesse período e é muito importante estar levando para essas crianças um pouco de esperança e alegria. O Natal tem que significar um pouco mais que dar presente, é dar esperança, alegria, atenção. Lembro que demos essa alegria um pouco antes da Tragédia de 2011 em Campo Grande, pudemos dar essa atenção, um pouco de alegria a muitas crianças antes partirem desse mundo. Natal é isso, é esperança, é renovação. Você que tem em casa um brinquedo que seu filho não usa mais, em boas condições, ou quer comprar algo novo, pode deixar em um dos pontos de arrecadação. Não precisa ir aos bairros fazer a entrega, acompanhar, só deixar nos pontos de arrecadação, que vai estar ajudando a esse projeto crescer mais e mais para mais crianças serem beneficiada”, relata o empresário Marcos Lopes, o Kito da Cycle São Cristóvão.
Um dos ciclistas envolvidos desde o primeiro “Bike Noel” e incentivador desse esporte em Teresópolis, Ailson Marques lembra da recompensa que é poder fazer os pequenos teresopolitanos que vivem em locais de difícil acesso, em condições duras, a sorrirem quando avistam o “Papai Noel ciclista”. “Estamos sempre rodando por muitas localidades, atravessando áreas às vezes carentes, e essa criançada nos acompanha o ano inteiro. Quando chega essa época, muitos já sabem que vão receber algum presente do Papai Noel e ficam perguntando, esperando a nossa chegada. Convidamos a todos a conhecerem o Bike Noel, a participaram do projeto doando brinquedos e, quem sabe, também começando a conhecer melhor nosso esporte”, atenta.
Além de brinquedos, o grupo arrecada bicicletas e acessórios ciclísticos para distribuir aos pequenos e incentivar a iniciação nessa atividade. “Quem tiver uma bicicleta em casa e quiser doar, mesmo precisando de algum reparo, também pode fazer. Nesse caso, só pedimos que entreguem com um pouco mais de antecedência, para realizarmos a manutenção necessária na loja e entregar em perfeitas condições de uso. Esse é um projeto de todos, que envolve muita gente, que esperamos que chegue a 30, 40 anos, e que essas crianças beneficiadas hoje virem ciclistas e pessoas solidárias, no futuro ajudando a outras crianças”, atenta Kito. 
Os pontos de arrecadação de brinquedos, bicicletas e acessórios são: Cycle São Cristóvão, Zabal Bikes, Unisport da Calçada da Fama, Astein Informática, Fachinas Pet da Reta, Shopping Várzea, Casa de Portugal e Leoni Estética. A coleta acontece até o dia 21 e a entrega será feita no dia 22 de dezembro, com saída do grupo às 8h da Cycle São Cristóvão, na Avenida Lúcio Meira. Em caso de brinquedos novos ou bicicletas que não precisem passar por manutenção, essas doações podem ser feitas até no dia da saída do grupo.

“Capital do Ciclismo”
Teresópolis é conhecida como Capital Nacional do Montanhismo por conta das bonitas e cobiçadas formações rochosas na sua área ou entorno, como o Dedo de Deus, o envolvimento de moradores locais na construção da história desse esporte e, logicamente, as três unidades de conservação ambiental que tem sede no município, Serra dos Órgãos, Três Picos e Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis. Porém, também poderia ostentar facilmente o título de “Capital Nacional do Ciclismo” devido a quantidade de qualidade de roteiros que oferece para os adeptos desse esporte, em praticamente todas as suas modalidades. Mesmo empiricamente, é fácil perceber que hoje o número de pessoas praticando o ciclismo é muito maior do que aquelas que buscam as montanhas da região para escalar ou caminhar. Prova disso são os vários clubes ou grupos de amigos que se juntam para treinar diariamente ou simplesmente se divertir em duas rodas nos finais de semana, entre eles o “Turma do Pedal”, “Nós no Pedal”, “Das 7” e o “Pebas da Serra”, ciclistas que frequentemente também tem representado nosso município em eventos Brasil a fora.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estado e Alerj devem regularizar quadro de servidores

Aumenta otimismo dos empresários com a economia, diz Fecomércio

Bolsonaro pede revogação de medida que excluiu atividades de MEI

Ceará empata com Botafogo e permanece na Série A

Senado pode votar proibição de prisão administrativa a PMs e bombeiros

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ