Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Cloro na água em Teresópolis: Cedae diz que “está dentro dos padrões”

Empresa diz que realiza análises frequentes na água distribuída na região

Em resposta a reportagem publicada pelo jornal O Diário e Diário TV na última sexta-feira, sobre o grande número de reclamações de moradores do Parque do Ingá sobre o excesso de cloro na água fornecida pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos, que segundo eles têm gerado diversos problemas, inclusive de saúde, a empresa nega que o atendimento não seja adequado. Em nota, encaminhada para nossa redação, através da Assessoria de Comunicação, foi informado que “a Cedae realiza análises frequentes na água distribuída para a região, e os últimos resultados apontam que a concentração de cloro na rede que abastece a localidade encontra-se dentro dos padrões exigidos pelo Ministério da Saúde”, e, além disso, que técnicos da Cedae iriam aos endereços informados para nova coleta de amostras para análises.

Rachel Isaías mostra roupas que eram da mesma cor e que agora ficaram diferentes devido à descoloração de uma delas, provocada por excesso de cloro na água


As reclamações são pelo alto nível de cloro aplicado pela empresa e das consequências do consumo dessa água, para os animais de estimação e para uso doméstico, como banho e lavar roupas. Os relatos preocupam. Segundo Rachel Isaías, tal situação chegou a provocar a morte de quatro carpas que ela criava em um lago na sua casa. “Nós tivemos um incidente, nós criamos carpas e ao encher o lago, mesmo colocando o protetor que chama água safe, que retira o cloro da água morreram umas quatro carpas e uns três japoneses. Quando eu percebi que eles estavam com dificuldade aí eu fui e coloquei mais do anticloro, ou seja, isso era um indício pra gente de que o cloro estava vindo de um nível altíssimo”, relata a moradora do Parque do Ingá, que revelou ainda que também tem cães e que seus animais não consomem a água por conta do forte cheiro de cloro, obrigando ela a fornecer a eles água captada na Fonte Judith. “Eu estou comprando água mineral para beber e buscando água na Fonte Judith pra dar pros animais, porque nem os cães estão bebendo a água, eles chegam cheiram, sentem um cheiro esquisito, que deve ser do cloro e recusam a água, então estou tendo que buscar na fonte para os animais”.
Rachel fez, nas frentes das câmeras da Diário TV, um teste com um produto químico específico para detecção de cloro, para provar o quê está denunciando e a mostra com água que sai da torneira rapidamente fica na cor vermelha em um tom bem vivo, enquanto que o mesmo teste feito com água da colhida na fonte não mudou de cor. A moradora relatou ainda quando se deu conta do problema. “No final do ano passado começaram a manchar algumas roupas, todas na verdade, principalmente as escuras, as pretas, as azuis elas apresentavam manchas localizadas ou uma descoloração geral. Aí eu inicialmente pensei em trocar o meu filtro, eu tenho um filtro na entrada da cisterna da minha casa, ele é de carvão ativado, que é o que tira cloro. Troquei o filtro não resolveu. Fizemos o teste na torneira e vimos que está em um nível inapto para consumo. Já fizemos várias reclamações a Cedae, a empresa diz que em 48 horas viriam aqui para coletar e testar a água e até agora nada. As primeiras reclamações já têm dois meses que eu fiz na Cedae”, denuncia Rachel.
Outros moradores do Parque do Ingá também entraram em contato com nossa redação para reclamar dos mesmos problemas. Com a divulgação da reportagem em nossas redes sociais, moradores de diversos outros bairros externaram problemas e reclamações semelhantes em relação ao serviço prestado pela Cedae em Teresópolis.

Luiz Bandeira

Foto:
A moradora fez nas frentes das câmeras da Diário um teste de nível de cloro na água. Nesta mostra, retirada da torneira, o cloro foi detectado

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE