Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Com previsão de ressaca, Rio pode ter ondas de até 3 metros de altura

População deve seguir recomendações de segurança 

Rafael Cardoso – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro 

A Marinha do Brasil emitiu um alerta sobre o risco de ressaca para o litoral do Rio de Janeiro. A previsão é que entre as 21h desta terça-feira (26) e as 12h de amanhã (27) a cidade tenha ondas com alturas de 2,5 metros a 3 metros de altura. Também foi comunicada a chegada de ventos de intensidade forte a muito forte para esse mesmo período.

A partir do prognóstico, o Centro de Operações da Prefeitura fez algumas recomendações de segurança para os que vivem ou circulam próximo das áreas marítimas. 

• Evitar o banho de mar em áreas que estejam em condições de ressaca; 

• Evitar a prática de esportes no mar; 

• Não permanecer em mirantes na orla ou em locais próximos ao mar durante o período de ressaca; 

• Os frequentadores de praias devem seguir as orientações das equipes do Corpo de Bombeiros; 

• Os pescadores devem evitar navegar durante o período de ressaca; 

• Evitar trafegar de bicicleta na orla caso as ondas estejam atingindo a ciclovia; 

• Não entrar no mar para resgatar vítimas de acidente. Neste caso, acione imediatamente as equipes do Corpo de Bombeiros pelo telefone 193. 

Segundo o Alerta Rio, plataforma meteorológica da prefeitura, a previsão do tempo para hoje é de pancadas isoladas de chuva moderada, ocasionalmente forte. São esperados raios, ventos moderados a fortes (72 km/h) e temperatura máxima de 36ºC. A máxima de sensação térmica foi registrada às 8h da manhã em Guaratiba, Zona Oeste da cidade, área que registrou 47,2°C. 

Ressaca

O Corpo de Bombeiros explica em nota que a ressaca é uma elevação anormal do nível do mar na costa, com a presença de fortes correntes de retorno, aquelas que puxam para o fundo, e também de ondas acima da média, podendo provocar inundação costeira, erosão e a destruição de estruturas em alguns casos.

A corporação orienta aqueles que estiverem em pedras, costões e praias, que tomem muito cuidado, pois ondas que não tinham alcance, podem surpreender e causar acidentes e até mesmo a morte. A nota ressalta que está monitorando as condições e pronta para atuação, caso seja necessário.

Compartilhe:

Edição 24/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Conta de água comercial com 100% de aumento ainda sem solução

MEIs: Contadora explica aumento no valor da contribuição previdenciária

Ação conjunta prende homicida em Itaipava

Viação Teresópolis atualiza tabela divulgada pelo Detro e informa novos valores

Jacarandá, um lugar para visitar em qualquer estação do ano

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE