Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

CREAS Teresópolis promove debate sobre a garantia de direitos e a reinserção social de portadores de transtornos mentais 

Reunião multidisciplinar discutiu sobre o direito de viver em sociedade dos pacientes atendidos pela RAPS/Saúde Mental

Uma reunião entre trabalhadores do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e dos CRAS, da Secretaria de Desenvolvimento Social de Teresópolis, em parceria com a Coordenação da Rede de Atenção Psicossocial (RASP)/Saúde Mental, discutiu a articulação e a organização do atendimento e de pontos estratégicos de atenção e promoção compartilhadas no setor. A reunião ocorreu na sede do CREAS Teresópolis, no bairro de Agriões, no dia 13 de setembro. “O grupo tem se reunido mensalmente para a discussão de casos, visando organizar o trabalho multidisciplinar e intersetorialmente”, explicou a diretora do CREAS, Karla Ribeiro, “anfitriã” do encontro.

Na ocasião, um caso específico serviu de exemplo para o debate: as estratégias para a desospitalização e “desinstitucionalização” dos portadores de transtorno mental que se encontram internados em longo período na Clínica Santa Lúcia, na cidade vizinha de Nova Friburgo. “O objetivo dessa parceria é a garantia dos direitos desses cidadãos, além da reabilitação psicossocial, reinserção na sociedade, ressocialização e busca pela autonomia”, acrescentou Karla.

Tags

Compartilhe:

Edição 22/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Moradores denunciam possível foco do mosquito em casa abandonada

ÔNIBUS: Rodoviários de Teresópolis podem parar no próximo fim de semana

SindPMT vai debater contratação de 475 trabalhadores “por fora” para a Educação

Oncoginecologista do Hospital São José atenta para perigos do câncer feminino

Caixa lança edital de concurso com 3,2 mil vagas para técnicos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE