Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Defesa Civil de Teresópolis apresenta Plano Verão 2022/23

A Secretaria Municipal de Defesa Civil de Teresópolis apresentou nesta terça-feira (20), no Teatro Municipal, na Prefeitura, o Plano Verão 2022/23

A Secretaria Municipal de Defesa Civil de Teresópolis apresentou nesta terça-feira (20), no Teatro Municipal, na Prefeitura, o Plano Verão 2022/23, conjunto de ações para o enfrentamento de ocorrências envolvendo chuvas fortes e que visa dar pronto atendimento à população em situações de emergência.

O secretário municipal de Defesa Civil, Coronel Albert Andrade, explicou qual o objetivo e como funciona o plano. “O Plano Verão integra o Plano de Contingência da Defesa Civil, documento em que o órgão define os procedimentos a serem tomados pela gestão municipal em resposta a emergências e desastres naturais. Também mobiliza setores estratégicos da Prefeitura e instituições da cidade para que, com iniciativas alinhadas, possam atender com rapidez a população”.

Coronel Albert também destacou que o documento segue as diretrizes da Lei Federal 12.608/2012; citou em quais locais estão instaladas as sirenes do Sistema de Alerta e Alarme e os pluviômetros instalados pelo governo federal, por meio do projeto RedeGEO/Cemaden, em alguns bairros de Teresópolis. Também explicou sobre o Protocolo de Mobilização de Alerta Sonora, sobre os níveis de alerta e alarme (Normalidade, Atenção, Alerta e Alarme) e o Estado Operacional da Defesa Civil em cada nível (Vigilância, Sobreaviso, Prontidão e Ordem de Deslocamento).

O Secretário Municipal Marco Antonio da Luz (Segurança Pública) e membros de outras secretarias municipais participaram da apresentação. Também estiveram presentes no lançamento do plano, oficiais do 30º BPM (Batalhão de Polícia Militar) e do 16º GBM (Grupamento de Bombeiros Militar).

Ações de preparação

As ações de preparação incluem, por exemplo, atividades de planejamento de contingências; desenvolvimento de rotinas para a comunicação de riscos; capacitações e treinamentos; e exercícios simulados de campo. Recentemente foi realizado o exercício simulado de desocupação de área vulnerável, nos bairros do Caleme e Rosário. Assim como a capacitação de agentes públicos para atuar junto à voluntários na gestão de pontos de apoio e abrigos temporários.

Compartilhe:

Edição 01/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

PF faz operação contra caça de mico-leão-dourado

GCM e PM apreendem produtos de beleza e saúde vendidos em via pública

Estudantes na campanha contra o mosquito Aedes aegypti

Homem preso com maconha e cocaína em Água Quente

OABRJ e TRF2 realizam parceria para casos de regularização fundiária

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE