Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Defesa do meio ambiente reforçada em Teresópolis

Inativo há cerca de um ano, COMDEMA empossa novos membros e promete ações

No final da tarde da última terça-feira (03) aconteceu a solenidade de posse dos novos membros do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA). O órgão estava praticamente inativo há cerca de um ano. Realizada na Prefeitura, a cerimônia reuniu conselheiros e suplentes, autoridades e líderes comunitários.  O prefeito Vinicius Claussen marcou presença.
Foram empossados 24 membros titulares para mandato até 2020. Criado em 2008, o COMDEMA integra o sistema de gestão ambiental do município e tem como finalidade instituir normas e diretrizes ambientais, além de assessorar o chefe do Executivo Municipal nas políticas de fiscalização, proteção, conservação e uso sustentável do meio ambiente. “Quero destacar o nosso compromisso em manter o diálogo com a sociedade. O Conselho fortalecido será responsável por conservar um legado e também construir os capilares das políticas públicas ambientais da nossa cidade”, assinalou o prefeito.
Durante a solenidade, Vinicius Claussen pontuou várias ações realizadas pela Gestão Municipal na área ambiental. Entre elas, a busca de solução definitiva para o Aterro do Fischer e a proposta de transformação do lixo em grande gerador de recursos, bem como o lançamento, daqui a 30 dias, da chamada pública para concessão dos serviços de água e esgoto. Outro tema abordado foi a busca de parceria com a concessionária de energia elétrica Enel.  
“Através do programa Ecoenel, vamos cadastrar os recicladores e criar ecopontos, onde as pessoas poderão levar o seu lixo reciclável. O material será pesado e o cidadão cadastrado ganhará um cartão para ter direito a desconto em sua conta de luz. É um benefício direto que incentiva as pessoas a separarem o lixo, contribuindo para a conscientização sobre a importância da destinação correta dos detritos”, concluiu Vinicius.

Transparência
O Secretário de Meio Ambiente, Raimundo Lopes, foi empossado presidente, conforme previsto na lei de criação do órgão. “Vamos consultar a Procuradoria Geral sobre a reformulação do Conselho, para que a cadeira de presidente não seja mais cativa do titular da pasta de Meio Ambiente, como ocorre atualmente. Se for possível, faremos com que haja alternância no cargo entre poder público e sociedade civil”, comunicou. 
Representante da Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Suspiro, Antonio Nelson destacou a luta do Conselho nos seus 10 anos de criação. Destaque para a aprovação do Plano Municipal de Saneamento Básico, a regulamentação do Plano Municipal de Meio Ambiente – para a captação de recursos para projetos ambientais, e a participação de Teresópolis no ICMS Verde visando ao recebimento de recursos estaduais. “Apesar das dificuldades nós conseguimos avançar. Este é um canal que deve estar sempre aberto para que sociedade civil e poder público caminhem juntos e atendam aos anseios da população”, disse Antonio Nelson.

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 19/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Homem é preso com quatro armas e munições em Teresópolis

Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE