Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Desbarrancamento e obstrução em vários pontos do Paquequer

No Alto, grandes árvores tombaram em direção ao rio. Na Várzea, muro foi derrubado

Marcello Medeiros

As fortes chuvas que atingiram Teresópolis entre sexta-feira e a madrugada de domingo elevaram o nível do Paquequer, fazendo com que o rio transbordasse em alguns trechos do seu curso. Além disso, com a força da água houve desbarrancamento em vários pontos. No bairro de Santa Cecília, por exemplo, grandes árvores plantadas às margens da Rua Beira-Rio tombaram e fecharam parcialmente a passagem da água. As raízes arrastaram parte da lateral da via pública, onde rotineiramente ficam estacionados caminhões de aluguel e prestação de serviços. Um pouco mais abaixo, nos fundos da 110ª Delegacia de Polícia, também houve desmoronamento da lateral do curso d´água, deixando bem próximo da margem veículos apreendidos há anos pelas forças de segurança do município.

A retirada das árvores do bairro de Santa Cecília deve ser realizada pelo Inea – Instituto Estadual do Ambiente. Foto: Juliana Ludwig/Diário


Problemas semelhantes foram registrados em outros trechos do Paquequer, mas o que mais “chamou a atenção” ocorreu na região central do município. Na madrugada do último sábado (23), o muro da Praça de Esportes Radicais Brian Santos desmoronou em direção ao rio. A lateral da estrutura havia sido mexida recentemente, em obra do projeto “Limpa Rio”, com o objetivo de diminuir o assoreamento. Enquanto O Diário registrava a situação, vizinhos alertaram que trecho do barranco havia sido cortado de forma ríspida, o que pode ter contribuído com o tombamento do muro.
A retirada das árvores do bairro de Santa Cecília deve ser realizada pelo Inea – Instituto Estadual do Ambiente, mas ainda não foi divulgado nenhum cronograma de ações em Teresópolis.

Nos fundos da 110ª Delegacia de Polícia também houve desmoronamento da lateral do curso d´água. Foto: Juliana Ludwig/Diário

Da Serra ao interior
O Paquequer nasce no alto da Serra dos Órgãos, nas proximidade das montanhas “São Pedro” e “Sino” e descem direção à sede Teresópolis da unidade de conservação ambiental. Na tarde da última sexta-feira, O Diário mostrou que o rio já estava com um volume impressionante, transformando a Piscina Slooper, perto da portaria do parque, em uma cachoeira assustadora. No trecho a seguir, embaixo da ponte da antiga Estrada de Ferro Teresópolis, a pressão da água também era de causar espanto. Em seguida, estivemos na Ilha do Caxangá, onde o Paquequer estava muito próximo de transbordar e a sirene do sistema de alerta e alarme da Defesa Civil estava acionada. Depois de cruzar a zona urbana do município, o rio segue para o Segundo Distrito, recebendo dezenas de outros pequenos cursos d´água e chegando à sua foz em Providência, onde o Paquequer deságua no Rio Preto. No sábado, vizinhos registraram o transbordamento no encontro dos cursos d´água.

Na madrugada do último sábado (23), o muro da Praça de Esportes Radicais Brian Santos desmoronou em direção ao rio. Foto: Juliana Ludwig/Diário


Edição 20/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

OAB esclarece sobre o abuso do aumento da conta mínima comercial de água

Feriado de São Jorge com promoção no Parc Magique do Le Canton

Rodovias federais terão pontos de descanso para motoristas

Três flagrados com cocaína e maconha no Meudon

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE