Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Empresas de Tecnologia investem e geram empregos em Teresópolis

Cidade é sede de empreendimentos que são líderes em suas áreas de atuação

Marcus Wagner

Enquanto Teresópolis é sede do surgimento de um grande número de empresas de tecnologia que vêm se consolidando ao longo dos anos, também desperta o interesse de outras que chegam de diversas regiões do país para se estabelecer por aqui. Esse movimento que atribui à cidade o status de polo tecnológico acaba proporcionando muitas oportunidades para a população, já que o mercado está aquecido e promete crescer ainda mais gerando empregos em profusão. Teresópolis tem cerca de 50 empresas de tecnologia, responsáveis por mais de 1.400 empregos, com média salarial superior a três salários mínimos.
De acordo com pesquisa da rede social LinkedIn,  as empresas de tecnologia da informação e internet vão dominar o mercado de trabalho já em 2020 e Teresópolis tem muito a ganhar com este ambiente tão positivo. O levantamento mostra 15 profissões que devem liderar o mercado de trabalho e, destas, 13 estão associadas ao setor de tecnologia da informação ou à internet.
O grande desafio é fazer com que a procura por profissionais encontre pessoal qualificado, já que as transformações neste setor são muito rápidas e as possibilidades de atuação são as mais variadas. Para muitos trabalhadores falta tempo até para se qualificar da maneira necessária e muitas empresas acabam investindo em oferecer treinamentos e capacitação como forma de driblar essa dificuldade.
Conversamos com representantes de algumas das principais empresas do setor com sede em Teresópolis, que explicaram como é a atuação no mercado e retrataram exatamente o panorama de crescimento em alta progressão e a escassez de mão de obra. Indeva, ContSimples, MV e Sennda destacaram que Teresópolis é parte fundamental de seus atuais e futuros  projetos.

Indeva 
Criada em 2014, a Indeva atua no varejo físico, em lojas, redes e franquias, com um sistema que auxilia equipes de vendas a melhorar a produtividade, identificar métricas relevantes do negócio e monitorar informações sobre as vendas. A startup atende mais de 280 marcas, como Clube Melissa, Mr. Cat, Chilli Beans, Santa Lolla, entre outras. Em cinco anos, a Indeva já possui operações em todos os estados brasileiros, além de ter sido adquirida pela VTEX, multinacional brasileira de tecnologia. 
Em novembro de 2018, foi adquirida pela VTEX, empresa que recebeu recentemente um aporte de 140 milhões de dólares liderado pela SoftBank para investir em sua expansão. Com a aquisição, a Indeva aproveita estrutura e expertise maiores, além de maior peso para a marca, conferido pela VTEX. Vale destacar que a conquista ainda abriu novas possibilidades de expansão e internacionalização.
O principal objetivo da startup para 2020 é organizar seus processos e produtos para viabilizar o sonho internacional, sempre com o cliente em foco. Entre as metas para o novo ano, a Indeva pretende aumentar em 70% no número de lojas ativas e ampliar o time, trazendo mais 30 pessoas para somar com os atuais 40 colaboradores.

ContSimples 
A ContSimples é um escritório de contabilidade online que tem como missão simplificar a rotina contábil de pequenos empreendedores. Atua no mercado desde 2017 oferecendo os mesmos serviços de um escritório tradicional, com o diferencial da tecnologia como principal aliada para automatizar os processos e reduzir os custos.
“A startup está inserida na Fábrica de StartUps Brasil – o Vale do Silício brasileiro. A Fábrica de Startups é uma aceleradora corporativa que desenvolve inovação para grandes empresas a partir das startups. Toda a produção contábil da Contsimples é feita na cidade de Teresópolis, e temos como desafio contratar mão de obra qualificada nas áreas de contabilidade e tecnologia”, contou Wallace Pacheco, diretor da empresa.

MV 
A MV é outra empresa do segmento de tecnologia que apostou em Teresópolis e contribui para o fortalecimento econômico da cidade. Trata-se de uma multinacional brasileira que desenvolve softwares para a área da saúde, líder em diversos segmentos com negócios em países da América Latina, África, Europa, nos Estados Unidos e no Japão. Possui grande reconhecimento no mercado, conquistando pelo quarto ano consecutivo o certificado de melhor prontuário da América Latina.  Atualmente um de seus projetos é realizado em parceria com um representante da NASA.
A empresa cuida da tecnologia em todos os segmentos da saúde, nos mais variados perfis de instituições e em Teresópolis o foco é o diagnóstico por imagem. “A MV é a única com portfólio completo de softwares para hospitais, clínicas, gestão estratégica em saúde pública, diagnóstico por imagem, empresas e infraestrutura. Quando o cliente nos procura, temos todos os segmentos, um dos mais bacanas é o serviço de diagnóstico. A MV comprou uma antiga empresa de Teresópolis e uma das missões é torná-la internacional”, explicou Christiano Berti, diretor de negócios da MV.
O diretor confirma que existe uma barreira para conseguir contratar funcionários, porém destaca que é uma realidade não só de Teresópolis, mas de todo país: “Nossa mão de obra altamente especializada, acreditamos muito na humanização na área de saúde é diferente de outras empresas, estamos focados em salvar vidas. Temos a cultura de trabalhar com jovem aprendiz, capacitação, para formar profissionais. Normalmente encontramos profissionais de nível médio e acabamos formando e criando uma carreira”, destacou Berti, citando ainda que a empresa mantém constantemente aberta a captação de currículos e que também está entusiasmado com a Residência em Software da Serratec que formará novos profissionais. 
A MV trabalha com as tecnologias mais modernas disponíveis, linguagens de programação de alto nível, inteligência artificial, telemedicina, ferramentas consideradas essenciais para se manter na liderança. 
“Quem tiver interesse pode buscar o site da MV (www.mv.com.br) no link de carreiras ou se candidatar no LinkedIn”, concluiu. 

Sennda Software
Com o intuito de fornecer um software simples para atender pequenos clientes, a Sennda Software conseguiu ganhar espaço no mercado apostando em custo acessível e foco na estabilidade do produto. Com cinco anos de existência a empresa tem cerca de mil e trezentos clientes ativos e aproximadamente oito mil usuários, com clientes em mais de setenta cidades em oito estados brasileiros.
A Sennda desenvolve softwares para hortifruti, padaria, açougue, mini-mercado e outros segmentos do varejo, investindo em infra-estrutura tecnológica de ponta e alta capacidade para atender o crescimento da demanda. 
Para a empresa, a contratação e treinamento de mão de obra representam o maior desafio, pois também não conseguem encontrar profissionais qualificados. 
A Sennda tem vagas de programador que estão abertas há mais de um ano aguardando preenchimento ou que chegaram até a ser preenchidas, mas que dentro do prazo de experiência não houve a compatibilidade com a necessidade da empresa.

Capacitação gratuita
A união entre empresas e instituições do setor em Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo deu origem ao Serratec, para promover um ambiente propício ao desenvolvimento das ações ligadas à tecnologia. Atualmente, a iniciativa oferece ao público a Residência em Software, uma imersão que alia conhecimento teórico com a prática com o objetivo de preparar profissionais para o desenvolvimento de software e aumentar a oferta de mão de obra qualificada, atraindo novas empresas para a Região Serrana.
Depois de selecionados, os residentes iniciarão um curso completo e gratuito, com conteúdos específicos e alinhados com as demandas de mercado. Os alunos selecionados terão direito a almoço, lanche na parte da manhã e à tarde, por dia de aula, e ainda terão custeados 50% do valor da passagem de ônibus.
Jovens interessados em participar do processo seletivo podem se inscrever até o dia 31 de janeiro de 2020 e se candidatar a uma das 100 vagas oferecidas através do link http://serratec.org/residencia-de-software/.
A formação será gratuita e acontecerá nos novos laboratórios do campus de Ciência e Tecnologia do Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos).

 

Tags

Compartilhe:

Edição 25/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Moradores de Albuquerque continuam convivendo com lamaçal

TCE-RJ emite parecer prévio favorável à aprovação das contas do Governo do Estado

Teresópolis recebe ações pelo “Maio Laranja”

Lançamento da pré-candidatura de Alex Castellar

Mudanças na temperatura podem provocar gripes e resfriados

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE