Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Ferramentas digitais para alavancar negócios gastronômicos

Fórum "Sebrae na Mesa" orienta empresários do setor na Região Serrana

O que as redes sociais e o marketing digital têm a ver com a área de gastronomia? Segundo os especialistas Flávio Muniz e Érika Bianco esses são ingredientes fundamentais que podem contribuir para o sucesso de um negócio. São ferramentas, com soluções muitas vezes gratuitas, que podem divulgar o negócio, atrair clientes e monitorar vendas, entre outras informações importantes para as empresas deste segmento. Marketing Digital: Uma revolução na Era da Experiência foi o tema escolhido pelo Sebrae/RJ para a terceiraedição do Fórum Gastronômico Sebrae na Mesa, realizado nesta terça-feira (25), em Itaipava. O evento contou com a participação de cerca de 100 empresários de micro e pequenas empresas de toda a cadeia produtiva do setor gastronômico. 
Uso do whatsapp business, de palavras-chave, as famosas tags, do stories no Instagram, de vídeos curtos no Facebook, foram apenas alguns exemplos destacados na palestra de Muniz: Relevância e Tendências das Mídias Sociais para o setor gastronômico. Ele também deu uma dica preciosa para os empresários sobre o uso de hashtags, que, de acordo com ele, é item obrigatório para quem está presente nas redes sociais. “O número mágico é 9, ou seja, vocês devem criar 9 hashtags, sendo 5 fixas e 4 sazonais voltadas para o negócio de cada um, que podem ser escolhidas através de um aplicativo gratuito que indica as hashtags mais utilizadas no Instagram. A dica é usar as quatro mais utilizadas em sua área de atuação”, acrescentou. Ele lembrou também a importância de postar conteúdo de qualidade, “porque o cliente deseja informação qualificada sobre as empresas”, e também sempre responder as perguntas de seguidores nas redes sociais, e, se possível, ainda estender a conversa caso tenha citado o nome do estabelecimento. “Este tipo de interação, além de criar relacionamento, também pode gerar novos comentários de outros clientes”, diz Muniz.
Em seguida, a consultora Érica Bianco falou sobre Transformação Digital: a Nova Forma de Fazer Negócios e o que mudou nesta área nos últimos anos. Ela mostrou marcas que já foram líderes em seus segmentos, mas desapareceram do mercado, como Kodak, Blackberry, Blockbuster, por não acompanhar a evolução tecnológica em suas áreas, fazendo um paralelo com o segmento de gastronomia. “As marcas precisam se adaptar a esta nova realidade. Hoje, 99% das pessoas pesquisam preços na internet antes de fazer uma compra e 93% usam o smartphone para realizar suas buscas. E a internet está devolvendo conteúdo relevante personalizado para quem busca uma informação”, acrescentou. Ela disse ainda que o consumidor está mudando seus hábitos de consumo neste exato momento e as empresas precisam estar atentas a isso. “Entre outras estratégias, temos o Omnichannel, ou seja, estar presente na vida de seus clientes através de vários canais”, completou.
O evento foi encerrado com a Roda de Conversa, que reuniu especialistas para debater com o público, no formato de consultoria para grupos, sobre temáticas inovadoras e ferramentas para ajudar os empresários despertar novas ideias para seu negócio. Foram abordados Design Thinking; Métrica e Ferramentas Google; Estratégias de Comunicação no atendimento: Entenda como se posicionar em relação aos diferentes tipos de clientes; Pitch; Canvas e Hospitalidade.

 

 

 

Tags

Compartilhe:

Edição 16/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Sul do Brasil pode registrar geada nos próximos dias

Correios anunciam cargos de nível médio e superior em concurso público

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Barra: 60 dias de trânsito lento na Rua Dr. Oliveira

ChocoSerra começa nesta sexta-feira em Teresópolis, confira a programação

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE