Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Jovem encontrado morto na BR-116 tem passagem por tráfico, diz PCERJ

Principal linha de investigação do homicídio envolve mais uma disputa entre facções

No final da manhã desta terça-feira (20), foi encontrado em um valão às margens da rodovia BR-116, no trecho entre Vale da Revolta e Soberbo, o corpo de um jovem. Cravado de balas, tinha ainda marcas de violência e estava apenas com uma bermuda de cor preta, indicando que possivelmente foi torturado antes de ser morto. As Polícias Militar e Civil foram acionadas, a perícia realizada pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) e o cadáver removido para ser necropsiado no Instituto Médico Legal, cujo resultado do exame pode indicar a causa da morte e dar mais elementos para a investigação do assassinato. Para a Polícia Civil, a principal linha de apuração envolve mais uma disputa entre facções criminosas no município. “A investigação está em curso, não podemos detalhar muito sobre a vítima de homicídio com arma de fogo. O que podemos falar é que é envolvida com o tráfico de drogas, tem anotações criminais, passagem por tráfico. Assim, novamente a linha de investigação é de morte praticada pelo envolvimento com o tráfico em Teresópolis”, enfatizou o Delegado Marcio Dubugras, Titular da 110ª DP.
Ainda segundo a autoridade policial do município, duas facções criminosas do Rio de Janeiro tem medido forças com a intenção de comandar locais de venda de drogas em Teresópolis. Dubugras reforçou ainda que os principais financiadores desse tipo de crime são os usuários – em grande número em Teresópolis.
“As forças de segurança estão atentas a isso, que não acontece só aqui em Teresópolis. Existe uma briga entre duas facções por conta de ponto de vendas de drogas, pois tem muita gente usando drogas em Teresópolis. Além de grande número, o que impressiona a gente aqui é que a droga mais comprada em Teresópolis é a cocaína, que é mais cara. É diferente de outras regiões em razão valor, pois maconha e crack são mais baratos”, explicou.

Tags

Compartilhe:

Edição 19/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Homem é preso com quatro armas e munições em Teresópolis

Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

Polícia Civil conclui inquérito e indicia por tráfico mulher que deu balas com droga para camareira de hotel em Teresópolis

Prefeitura de Teresópolis confirma data do leilão de veículos apreendidos

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE