Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Lamaçal e matagal complicam ligação entre Posse e Parque do Imbuí

Moradores relatam prejuízo também para estabelecimento do ramo turístico

Em alguns bairros de Teresópolis, a manutenção básica em algumas ruas é fundamental para garantir o direito constitucional de ir e vir. São locais onde não há saída ou é preciso fazer um percurso muito grande caso essa via fique comprometida. Entre as muitas reclamações que temos recebido nesse sentido, a de moradores na Estrada Ibiporanga, que conecta Posse a parte alta do Parque do Imbuí, mas onde o calçamento nunca foi prioridade do governo municipal. “É só lama e buraco, coisa que só piora nesse período de chuvas fortes. Já reclamamos com o pessoal da prefeitura, nas nunca vieram aqui”, relatou ao Diário a moradora Letícia Vieira.
Saindo do Parque do Imbuí, a Estrada Ibiporanga leva até a Estrada da Pedra da Água, que por sua vez dá acesso a grande Estrada da Posse. Outro morador, João Carlos, destaca ainda que há uma pousada na região que pode ser prejudicada caso não ocorra a necessária manutenção de responsabilidade do governo municipal.
Outro serviço em atraso é a poda de árvores nessa mesma via. “Aqui acaba a luz em dia de sol, aqui está precisando fazer uma limpeza. A vegetação tomou conta dos fios, tem lugar que nem dá para ver o poste de tanto mato que tem”, pontuou outro leitor através do nosso WhatsApp (2742-9977). Nesse caso, o serviço é de responsabilidade da Enel, que informou ao Diário que nos próximos meses irá realizar um mutirão de poda de árvores em Teresópolis.

Outro serviço em atraso é a poda de árvores na estrada que fica entre os bairros Parque do Imbuí e Posse. Foto: Leitor Repórter

Muqui
Perto da região central do município, a Rua Tabelião Luis Bessa, na Vila Muqui, está há seis meses com um problema sem solução: afundamento de manilha e falta de calçamento. Meses atrás, a secretaria de Obras trocou o sistema de coleta de água da chuva, mas recolocou os paralelepípedos. A manilha rompeu novamente e a passagem de veículos está cada vez mais complicada. Em nota encaminhada ao Diário através da Assessoria de Comunicação da PMT, a Secretaria de Obras e Serviços Públicos informou “que vai fazer, esta semana, vistoria nos locais citados para verificar a situação e realizar os serviços necessários”. Foram reclamados ao governo municipal os casos da Posse/Parque do Imbuí e Vila Muqui.


Edição 17/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Preso acusado de receptação de sinal de Tv a cabo em Saquarema

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar no dia 22

Teresópolis: Passagens de ônibus dos doentes crônicos continuam sem solução

Polícia Ambiental flagra mais um desmatamento em Albuquerque

Parque Nacional terá processo seletivo para agente ambiental

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE