Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Mais seis motos apreendidas em operações de trânsito

Guarda Civil Municipal flagrou dois motoqueiros “se exibindo” em via pública, na Várzea

No final da noite de quinta (08) e início da madrugada desta sexta-feira (09), agentes da guarnição ROMU Alfa, da Guarda Civil Municipal, subordinada à secretaria municipal de Segurança Pública de Teresópolis, realizaram operações de trânsito em dois pontos na região central. Em pouco mais de quatro horas de trabalho, os servidores flagraram 21 irregularidades e apreenderam seis motocicletas que não deveriam estar circulando por dívida na documentação, falta de acessórios obrigatórios ou escapamentos alterados e promovendo barulho acima do permitido. Também foram flagrados condutores sem a Carteira Nacional de Habilitação e dois “se exibindo” em via pública, estes também autuados na delegacia pela realização de manobras colocando em risco a vida de terceiros.
De acordo com a GCM, a operação irá ser realizada em todas as noites e madrugadas de Carnaval, em diferentes pontos do município. Será conferido o limite de velocidade nas vias urbanas e rurais, o respeito aos sinais de trânsito, a documentação de motoristas e de veículos, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro. Irregularidades como veículos com cano de descarga aberto, falta de placas, avanços de sinal e bandalhas no trânsito, como retorno em local não permitido e circulação em faixas de pedestres ou calçadas, podem ser denunciadas pelo número 153, da Guarda Civil Municipal. A ligação é gratuita e a pessoa não precisa se identificar.

Depósito lotado
No início de janeiro, a reportagem do Diário esteve no Depósito Público Municipal, em Três Córregos, registrando que havia em pátio 448 motocicletas e 289 automóveis, veículos que em breve poderão ser leiloados caso seus proprietários não realizem a regularização necessária. Apuramos que está em fase final a organização de um leilão para esvaziar o espaço público. Também confirmamos que boa parte desses bens esquecidos ou abandonados pelos seus donos no espaço da secretaria de Segurança. De acordo com a Guarda Civil Municipal, para retirar do depósito um veículo apreendido é preciso regularizar toda a documentação – IPVA, multas e taxas de apreensão, além de serem reinstalados itens obrigatórios que tenham sido removidos ou substituídos por irregulares, como escapamentos que produzem som acima dos decibéis permitidos. Se a placa estiver apagada, quebrada ou não existir, é necessário pagar um DUDA ao Detran.RJ para solicitar uma nova e instalar no pátio da GCM. Toda a “recuperação” das motos deve ser feita pelo proprietário. Aliás, só consegue fazer a retirada o titular do documento do veículo ou pessoa com procuração para tal ação. O prazo para que o bem possa ser encaminhado a leilão é de 60 dias.

De acordo com a GCM, a operação irá ser realizada em todas as noites e madrugadas de Carnaval, em diferentes pontos do município. Foto: Plantão Diário1

  1. ↩︎
Edição 24/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Conta de água comercial com 100% de aumento ainda sem solução

MEIs: Contadora explica aumento no valor da contribuição previdenciária

Ação conjunta prende homicida em Itaipava

Viação Teresópolis atualiza tabela divulgada pelo Detro e informa novos valores

Jacarandá, um lugar para visitar em qualquer estação do ano

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE