Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Meninas da Sub-17 treinam em Teresópolis

Na semana passada, o técnico Luiz Antônio Ribeiro, o Luizão, convocou 26 jogadoras para a reta final de preparação do Sul-Americano Sub-17, que será disputado de 7 a 24 de março na Argentina. As atletas se apresentaram na Granja Comary, em Teresópolis, na última sexta-feira (16) onde permanecem até o dia 4 de março, data prevista para a viagem.

Na semana passada, o técnico Luiz Antônio Ribeiro, o Luizão, convocou 26 jogadoras para a reta final de preparação do Sul-Americano Sub-17, que será disputado de 7 a 24 de março na Argentina. As atletas se apresentaram na Granja Comary, em Teresópolis, na última sexta-feira (16) onde permanecem até o dia 4 de março, data prevista para a viagem. A Chapecoense é a segunda equipe, junto com o Internacional, que mais cedeu atletas à Seleção: Quatro jogadoras, vindo atrás apenas do Centro Olímpico, com seis meninas convocadas. As laterais Bruna e Gissele, a zagueira Yasmin e a atacante Rafaela foram as escolhidas do técnico. 

Em Chapecó há dois anos, a lateral Bruna, de 15 anos, acredita que a equipe catarinense foi fundamental para sua convocação. – A Chapecoense é um grande clube. Quando entramos nas competições, somos destaque e todo mundo já espera jogar contra a gente. Está sendo incrível! Sou muito grata ao clube, aos meus técnicos e aos meus pais por esse grande esforço para eu chegar até aqui. A Chapecoense tem muita história de Seleção no passado e, claro, vai continuar tendo cada dia mais porque o nosso trabalho é muito forte – disse a jogadora em entrevista ao site da CBF. 

Gissele, 16 anos, chegou à equipe no final de 2017 e vem sendo convocada desde a primeira lista da etapa de preparação para a competição. Para a lateral, a oportunidade de vestir a Amarelinha é uma experiência enorme. – Cheguei na Chapecoense quase no final de 2017 e desde o começo do ano venho sendo convocada. A camisa pesa, mas você tem que chegar no seu clube com pé no chão, mostrar respeito por ter vindo para a Seleção e ter humildade. É uma oportunidade muito grande poder vestir a camisa Seleção Brasileira, podendo ter, também, a oportunidade de representá-la no Sul-Americano – declarou.

Paralela à preparação do Sul-Americano Feminino Sub-17 também acontece a preparação para a Copa América Feminina, no Chile, que será disputada de 4 a 22 de abril. Gissele destacou a importância de estar na Granja Comary junto com a Seleção Principal. – Com as meninas da Principal estando aqui, a gente se sente mais inspirada, com mais vontade de estar aqui porque almejamos chegar lá onde elas estão, esse é o nosso objetivo. – finalizou.

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 17/05/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Câmara aprova representação contra o prefeito de Teresópolis

Cedae vai paralisar o sistema principal nesta terça-feira em Teresópolis