Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Município recebe Selo de Responsabilidade Social do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro

Reconhecimento é resultado do trabalho conjunto da prefeitura com a Vara da Infância e da Adolescência

A Prefeitura de Teresópolis recebeu, na quarta-feira, 07, o Selo de Responsabilidade Social do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), pela contribuição na Comissão de Articulação de Programas Sociais (COAPS). A homenagem foi entregue pela desembargadora Renata Machado Cotta ao Secretário Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Lucas Guimarães, e à Subsecretária de Desenvolvimento Social, Iracema Toledo, que representaram o Prefeito Vinicius Claussen na solenidade no Salão dos Magistrados do Fórum Central do TJRJ. O selo é o reconhecimento do protagonismo do município de Teresópolis em ações para a inserção de adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, no mercado de trabalho, tanto pelo encaminhamento para vagas de Jovem Aprendiz quanto pelo Novo Promaj, programa social que já emprega 100 jovens nos eixos Gestão Pública e Rotativo no município.
“A responsabilidade é de todos nós. Não adianta termos jovens no projeto em todo o estado do Rio de Janeiro se os prefeitos não se responsabilizarem por eles. Essa conscientização é muito importante porque se cada município se responsabilizar pelos seus jovens, trabalhando junto com o judiciário, as coisas funcionam e conseguimos evitar que esses meninos e meninas sigam por maus caminhos”, afirmou a desembargadora Renata Machado Cotta.
“No ano passado, em reunião com a Juiza Vânia, nos aprofundamos na questão do jovem aprendiz, e partir daquele momento, fortalecemos nosso contato com empresários para fazer valer a lei do jovem aprendiz, priorizando os jovens de baixa renda e os que já cumpriram medidas socioeducativas, para preencher as vagas que estavam ociosas em algumas empresas. Paralelo a isso, decidimos retomar um projeto chamado Novo PROMAJ para dar a esses jovens oportunidades dentro da administração pública porque também é nosso dever abrir as portas para esses jovens mostrando a possibilidade de um novo futuro. Ter esse trabalho reconhecido, tanto vendo a mudança nas famílias desses jovens, quanto hoje, recebendo o selo, é o que impulsiona o nosso trabalho mais e mais”, declarou o Prefeito Vinicius Claussen, sobre o recebimento do Selo de Responsabilidade Social do TJRJ. Ele foi representado pelo secretário Lucas Guimarães.
A Juíza da Vara da Infância de Teresópolis, Vânia Mara Nascimento Gonçalves, membro da comissão, também esteve presente na cerimônia, para entregar pessoalmente o selo ao município. “Nós temos um excelente prefeito e uma excelente equipe, voltada ao social, e em uma das reuniões que nós fizemos, eu falei sobre a necessidade do emprego para adolescentes em vulnerabilidade, principalmente aos adolescentes que já estavam beirando ao ato infracional porque a recuperação deles é viável e o prefeito abraçou a causa, e isso foi muito importante. Ele fez reuniões e desenvolveu esse projeto do Novo PROMAJ, que é maravilhoso, fizemos essa parceria e estamos criando cada vez mais ideias para que possamos trazer empregos, cursos, para os adolescentes porque eles são imediatistas nesse sentido. Então, além da chance de recuperar a família, damos a eles a chance de se recuperar, se autovalorizar e isso é muito importante”, declarou a Juíza.
Além de Teresópolis, outros doze colaboradores receberam o Selo de Responsabilidade Social, por auxiliarem a Coaps na inclusão e acesso ao trabalho de adolescentes em situação de vulnerabilidade social em 2022. Foram agraciadas também a Comlurb, o 4º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca do Rio de Janeiro, a Casa e Vídeo, o Escritório de advocacia Bruno Calfat, a Prefeitura de Maricá, a Senac e o Centro de Integração Empresa-Escola.

Tags

Compartilhe:

Edição 20/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Prefeito diz que não vai pagar o aumento de ninguém

Teresópolis: matagal toma conta de rua no Golfe

Casa de Cultura e entorno seguem abandonados

Teresópolis: Câmara nega aumento para prefeito e secretários

Procon RJ investiga aumentos abusivos no preço de repelentes

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE