Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Novo pedágio da Rio-Teresópolis deve começar a operar em dezembro

EcoRioMinas aguarda autorização da ANTT para iniciar cobrança na praça de Jororó

Antiga demanda dos moradores de Magé, a mudança na localização de pedágio na rodovia Rio-Teresópolis na área daquele município deve ocorrer nas próximas semanas. Em resposta à solicitação de informação feita pelo Diário, a Concessionária EcoRioMinas informou que a previsão de iniciar a cobrança de tarifa nas novas praças de Guapimirim, na BR-116/RJ, km 13+670, e Magé, na BR-493/RJ, km 118+200, é o mês de dezembro. Porém, ainda é necessária a autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres. “Os novos pedágios substituirão as praças Engenheiro Pierre Berman, na BR-116/RJ (km 138), em Magé, e seus bloqueios em Santo Aleixo (km 119) e Santa Guilhermina (km 127)”, informa ainda a EcoRioMinas. O sistema de cobrança principal hoje fica na localidade de Bongaba, em Magé, e a nova praça de pedágio na BR-116 fica já no limite desse município com Guapimirim. Ainda não foi informado sobre como ficarão os valores.
Porém, é destacado que os usuários que trafegam nas rodovias administradas pela EcoRioMinas são contemplados com dois benefícios tarifários: o Desconto Básico de Tarifa (DBT) e o Desconto de Usuário Frequente (DUF). Para obter as vantagens, é necessário apenas, ter instalado no veículo um TAG, chip eletrônico autoadesivo colado ao para-brisa, que permite que os veículos passem pela pista automática de cobrança de pedágio.
DBT – Esse benefício oferece 5% de desconto a todas as categorias de veículos, independente da quantidade de viagens realizadas. Todo e qualquer veículo com TAG sempre que passar por uma das cabines automáticas de pedágio receberá 5% de abatimento no valor da tarifa.
DUF – O DUF contempla apenas veículos de passeio (automóvel, caminhonete e furgão; automóvel e caminhonete com semirreboque; automóvel e caminhonete com reboque). Esse benefício oferece uma redução adicional e progressiva no valor da tarifa a partir da segunda passagem pela mesma praça, mesmo sentido, realizada dentro do mês. Sendo assim, quanto mais você utiliza a rodovia, menor fica o valor do pedágio. A partir da 31ª passagem no mês, a tarifa mínima será cobrada em todas as viagens adicionais até o final do respectivo mês. *Para veículos comerciais ou caminhões com dois ou mais eixos, a tarifa é igual ao número de eixos, multiplicado pelo valor da tarifa básica.

Quem tem direito ao desconto DUF

  • Veículos com tag válido, chip eletrônico que permite usar a pista automática de cobrança de pedágio;
  • Automóvel, caminhonete e furgão; automóvel e caminhonete com semirreboque; automóvel e caminhonete com reboque;
  • Veículos que trafegam no mesmo sentido, pela mesma praça de pedágio, duas vezes ou mais, dentro do mesmo mês.

Como funciona o DUF

  • 1ª passagem: Na primeira vez que cruzar uma das praças de pedágio administradas pela EcoRioMinas, o veículo com tag recebe desconto de 5% referente ao DBT.
  • 2ª passagem: Na segunda vez que passar pela mesma praça de pedágio, com o mesmo veículo, no mesmo sentido e dentro do mesmo mês, o motorista recebe o Desconto Usuário Frequente (DUF) sobre o valor pago na primeira passagem.
  • Demais passagens até a 30ª: Em sequência, o desconto vai ficando cada vez maior até chegar à trigésima viagem, quando o motorista alcança a tarifa mínima, que pode chegar a R$ 0,02, no caso das praças de pedágio de Magé.
  • A partir da trigésima viagem, o preço do pedágio congela e o usuário continuará pagando o valor mínimo na trigésima primeira travessia e nas seguintes realizadas dentro do mesmo mês. Quando vira o mês, o preço da tarifa volta ao valor total e reinicia um novo ciclo de descontos.

Edição 01/03/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

GCM e PM apreendem produtos de beleza e saúde vendidos em via pública

Estudantes na campanha contra o mosquito Aedes aegypti

Homem preso com maconha e cocaína em Água Quente

OABRJ e TRF2 realizam parceria para casos de regularização fundiária

Foragido da Justiça é localizado em Teresópolis

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE