Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Diário TV entrevista André Português, prefeito de Miguel Pereira

Prefeito esteve em Teresópolis para entrevista a O DIÁRIO

Wanderley Peres

“Cidade do Entretenimento e da Gastronomia do Estado do Rio de Janeiro”, por força de lei estadual, Miguel Pereira, na região de serra do Centro Sul Fluminense, vem se destacando no turismo. Terceiro melhor clima do mundo, e o melhor clima do Brasil, a cidadezinha no Vale do Café tem encantado os turistas com as suas belezas naturais e, especialmente, as inúmeras atrações criadas pela Prefeitura, na gestão do prefeito André Português, que esteve em Teresópolis nesta segunda-feira, 6, e foi entrevistado pelo programa Hélio Carracena, da Diário TV.

“Miguel Pereira está vivendo um momento incrível. Começamos a trabalhar o que o município tem de maior vocação, que é o turismo, e buscamos algo que pudesse ser uma referência no país”, começou a entrevista, lembrando que, dos 5.570 municípios do Brasil, a segunda cidade que mais recebe turistas é Gramado, que tomaria a primeira posição, do Rio de Janeiro, não fossem os eventos cariocas do carnaval e do reveillon. “Lá no início do governo, em 2017, fomos entender o porquê disso, porque Gramado era o Brasil que deu certo, e sonhamos reproduzir aqui no Rio de Janeiro a Gramado carioca. Hoje estamos colhendo os frutos desse sonho, porque tudo que fazemos para as crianças e os jovens, transformam as famílias, que devem ser o objetivo de qualquer governo de sucesso”.

GRAMADO CARIOCA

Lembrando os números, e comparando Gramado com Miguel Pereira, para ele “a cidade mais importante do Brasil”. André explicou o projeto Gramado Carioca.

“Estamos a 105 km do aeroporto do Galeão e Gramado a 117 quilômetros do aeroporto de Porto Alegre. E estamos em região de serra, como Gramado, cidade que recebe 9 milhões de turistas por ano. Fora a quantidade de turistas, vimos que éramos municípios parecidos. Gramado tem 34 mil habitantes, e Miguel Pereira quase 30 mil. Mas Gramado está numa região com 3.800 mil habitantes e Miguel Pereira num estado com 17 milhões de habitantes. Gramado no Sul, distante, e Miguel Pereira na região Sudeste, no centro do país, e próximo ao Rio de Janeiro. O nosso sonho era interessante, e o grande projeto do nosso governo era realizar esse sonho”.

“Um bom político não se mede pelo que mais ele mais acerta, mas pelo que menos erra”

A OPÇÃO PELO TURISMO

“Houve uma quebra de cultura na cidade, e a população não compreende de imediato essa mudança, mas hoje as pessoas entenderam que estávamos no caminho certo, e continua entendendo assim, porque o turismo está transformando a nossa cidade e a região.

Nos meus 25 anos de vida pública entendi que o único segmento que afasta as máquinas e faz acontecer com pessoas é o do turismo. Respeito os programas sociais, porque quando uma vida grita por socorro, o braço do poder público tem que se estender naquele momento, mas uma coisa que não concordo é com os políticos que se mantém nos cargos públicos por conta dos programas sociais. Entendo que o maior programa social que devolve ao homem a sua dignidade é o que oferece emprego, e o turismo produz emprego, e dinheiro novo, que é tudo o que uma cidade precisa”.

DINHEIRO NÃO TEM, TEM É GESTÃO

Considerado o melhor prefeito do estado do Rio de Janeiro, apesar de não ter sido premiado como outros que estão entre as piores administrações, André lembrou que Miguel Pereira tem o terceiro menor orçamento entre os 92 municípios do Estado e cerca de 1.500 funcionários concursados na Prefeitura.

“Nem tudo é dinheiro e sim gestão. Sem dinheiro, não fiquei reclamando. Fui buscar recursos novos. E encontramos as parcerias, com o governo federal e o estadual, esse é segredo do nosso sucesso. O bom gestor tem, também, que tratar o empresário bem, e carregá-lo no colo, porque as empresas são as locomotivas das cidades, e não podem ser perseguidas, de forma alguma, pela máquina pública”.

CIDADE DA SAÚDE

Hospital Municipal é para os fracos. A prefeitura de Miguel Pereira está construindo uma “Cidade da Saúde”. São cinco prédios, entre eles um dos maiores e mais modernos hospitais públicos do estado do Rio de Janeiro. Esse complexo fica em terreno de 70 mil metros quadrados, com 13.350m2 de obra, 554 ambientes, com ressonância e tomografia, centros de referência de odontologia e de reabilitação, que tem até piscina quente para os idosos, e ainda uma Upa Regional, que vai dar suporte aos municípios vizinhos, aumentando a camaradagem administrativa, que é muito importante. Até um hangar, dos mais modernos do estado, está sendo feito, para receber duas aeronaves, do Corpo de Bombeiros e da secretaria de Saúde do Estado.

“Estamos construindo tudo isso com a ajuda do governador Cláudio Castro. É um investimento de R$ 80 milhões. Levei os projetos, e provei para o governo a necessidade desses investimentos para Miguel Pereira, e o governador abraçou os projetos, e nisso nos ajudou muito o secretário de Saúde Dr. Luizinho, e as obras que já duram dois anos e meio por conta do seu tamanho, já estão bem adiantadas, e devem ser inauguradas em julho próximo”.

CIDADE UNIVERSITÁRIA

O projeto Cidade da Saúde, que não está pronto ainda, mas já tem data para ser inaugurado, e vai dar a Miguel Pereira referência de cidade universitária, por conta do hospital escola em construção.

“Esse hospital, a empresa entrega em julho. Como temos Direito e Medicina, na nossa Faculdade de Miguel Pereira, a Famip que criamos, e como a universidade de Vassouras fica a 24 quilômetros, a unidade virará uma referência, de hospital escola.

HOTEIS LOTADOS

O Parque de Miguel Pereira gerou 128 novos empregos diretos e mais de 1 mil empregos indiretos. E, enquanto alguns municípios comemoram os hotéis lotados nos feriadões, em todos os finais de semana, a cidade está com 100% de ocupação na rede hoteleira, todos os 3.600 leitos, dos quase 30 estabelecimentos.

“Mas, precisamos chegar a 20 mil leitos e estamos nesse caminho. Essa semana mesmo, a boa notícia foi a chegada do Coline de France, o melhor hotel do mundo, eleito entre 1 milhão e 600 mil hotéis. Foi uma negociação de 4 anos. Não é promessa, nem projeto. O Coline de France já tem o projeto aprovado na Prefeitura para a obra, um investimento de 168 milhões que vai transformar Miguel Pereira e a região”.

VALE DOS DINOSSAUROS

“Miguel Pereira tem o maior parque de dinossauros do mundo. Ele foi construído numa área de 1 milhão e 400 mil metros quadrados de mata atlântica. É um sucesso enorme. Para se ter uma ideia, foram 527 mil ingressos comercializados em 2023. Isso numa cidade de 30 mil habitantes, quase dez vezes a população da cidade pagou ingresso para entrar no parque, e a Prefeitura tem 5% no valor desse ingresso”.

O sucesso do Vale dos Dinossauros, que tem levado a população do Rio de Janeiro a conhecer Miguel Pereira, levou a Prefeitura a sonhar com outros parques e seis deles já estão sendo construídos.

“Vamos ter também o Mundo da Neve, que prevê 650 mil visitantes por ano; e o Parque de Aves de Soltura, para 750 mil visitantes por ano, com obra em terreno de 30 mil metros quadrados que já está sendo feita, e ainda o Jardim Zoológico e Parque Iluminado, para crianças à noite, em outro terreno de 30 mil metros quadrados. Esse atrativo abre de 18h à meia noite, voltado a quem tem outras obrigações ao dia, ou vai usar o dia em visita a outras atrações.

E, ainda, a novidade maior, o Cidade da Bíblia, parque de 11 mil m2, com a maior bíblia do mundo, com 12 metros de altura por 22 m de largura. Nesse atrativo, voltado para o turismo religioso, teremos lojas de souvenirs e o jardim santo de Israel, com as árvores citadas na bíblia”.

OUTRAS ATRAÇÕES

Além dos parques, existe ainda Rua Coberta, de gastronomia, com 10 restaurantes e 2 salas de cinema, que um charme do Sul que importamos. E, ainda, a A rua Torta, a Rua do Aroma, com os cheiros das flores, e o Espaço das Flores, que serão locais muito agradáveis para visitação.

MARIA FUMAÇA

Única no estado, a Maria Fumaça de Miguel Pereira é um trem turístico, parceria do Sesc e da Fecomércio, atração que chega de 6 a 8 meses a fila de espera para o ingresso.

CORRUPÇÃO

“O maior problema da política, muitos dizem que é a corrupção. Não concordo. A corrupção está no homem, e é dele a má qualidade, independente que função ocupe. O maior problema da política é que muitos se preparam para ganhar a eleição, mas não se preparam para governar, e depois vão fazer o que podem para continuar na política, sem entender que a política existe para melhorar a vida das pessoas.

PREPARAÇÃO

“Desde o meu mandato de vereador, me preparei muito para ser prefeito da cidade de Miguel Pereira. Em época de eleição, vejo as pessoas se preparando para bonitos discursos, mas poucos procuram entender as necessidades do cargo que pretendem ocupar. Busquei a sabedoria em Deus. Sou cristão, da Assembléia de Deus, e quando Deus está no projeto tudo é diferente, e por isso peço a direção de Deus para tudo. E respondo isso, porque me perguntou. Não acho bom misturar as coisas e não pode se medir ninguém pela sua religião, nem ela deve ser usada para exprimir qualidade.

CONVITE

“Esse ano ganhamos a chancela de cidade mais segura do estado do Rio de Janeiro. Tenho o maior número de policiais por habitante, porque não se faz turismo sem segurança pública. E não se faz uma cidade com cuidado para os moradores se não nos propusermos a cuidar das famílias. Então, tenho boa relação com as autoridades de segurança, que tem nos ajudado muito com trabalho incrível na segurança pública, que é um grande problema do estado, mas que em Miguel Pereira tem sido diferente. Basta ver que não tivemos um assalto em 365 dias, um ano sem um assalto, isso é fruto de trabalho. Temos o Segurança presente, mais de 40 homens, 11 viaturas. O que tiver de exemplos bons a serem seguidos, tenho buscado para a minha cidade, e cultivo as relações políticas, especialmente com os governos estadual e federal”.

6.387 POSTES ACESOS

“Poucas cidades têm isso. Fizemos uma Parceria Público Privada para a Iluminação pública e Miguel Pereira é 100% led, com 6.387 postes, todos acessos. Gasto o mesmo recurso, só que ofereço qualidade de serviço, porque ele é feito por uma empresa, que assumiu o parque de iluminação, por concessão. A prefeitura não foi feita para dar lucro, e sim resultado. E recebemos a contribuição para a iluminação, e pagamos alguém para ter esse cuidado, e temos tido a iluminação pública de qualidade”.

ESCOLAS MODELO

“Todas as escolas e creches de Miguel Pereira contam com lousa digital. Assim, melhorou o ensino, para o professor e o aluno. Existem colégios particulares que não tem lousa em todas as salas, e temos essa conquista graças à emenda do amigo deputado federal Vinícius Farah, no valor de R$ 8 milhões. Reformamos escolas que nem manutenção tinham e nesse governo de 8 anos, que tivemos 2 anos e meio de Covid, temos feito muito, e muito mais vai poder ser feito porque estamos triplicando o orçamento municipal, que é o terceiro menor do estado”.

INSTITUCIONAL

Ao final da entrevista ao apresentador Hélio Carracena, o prefeito mostrou um vídeo institucional sobre a sua cidade e as obras do governo. “Falar qualquer um pode falar, mas mostrar poucos podem. Só que faz pode mostrar, e nesse vídeo mostramos as nossas realizações, por isso produzimos esse vídeo, não para mostrar promessas, ou projetos apenas, mas para mostrar o que estamos fazendo.

Sobre o seu sucesso e a referência da sua administração como uma das melhores do estado, André disse que um dos maiores legados da sua gestão foi devolver o orgulho ao miguelense, seus comerciantes e comerciários, os trabalhadores, a população. “E tudo isso através do investimento no turismo, que está transformando Miguel Pereira”, concluiu o prefeito.

QUEM É ANDRÉ PORTUGUÊS

André Pinto de Afonseca, tem 49 anos. Neto e filho de imigrantes portugueses, sempre ajudou no comércio de sua família, e seu perfil empreendedor o levou para a vida pública, quando foi eleito em 2004 o mais vereador jovem do município, aos dezenove anos. Em 2012, tentou a Prefeitura, fazendo 4.839 votos, 27,91% da votação da cidade. Em 2016, depois de ter sido secretário municipal de Saúde no município vizinho, Paty do Alferes, em 2013 e 2014, foi candidato a prefeito de novo, se elegendo com 7.465 votos, 62,96% da votação de Miguel Pereira e em 2020 se superou na reeleição conseguindo a segunda maior votação do estado, 83,22% dos votos, 13.251 votos, fazendo o segundo colocado 8,39%, o terceiro 7,06% e o último colocado 1,33%.

Presidente da Associação Estadual de Municípios do Estado do Rio de Janeiro, da AEMERJ, no biênio 2022/2024, eleito por unanimidade em um clima de otimismo por um Rio de Janeiro melhor e com novas perspectivas para a entidade que congrega 40 municípios,, André Português tem buscado a união entre os municípios e a força para juntos somar, buscando as ações em conjunto, priorizando sempre o bem-estar e a qualidade de vida de todos os moradores do Estado.

Edição 21/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Sobe para 161 número de mortes por chuvas no Rio Grande do Sul

Ladrão pede “moto táxi” e rouba Honda CG em Teresópolis

Barra do Imbuí recebe serviços gratuitos do “RJ Para Todos” nesta quinta, 23

PM apreende 11 motos em situação irregular no trânsito

Seleção Sub-20 em Teresópolis no próximo dia 03

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE