Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

P2 encontra “cantinho da jogatina” em bar na Várzea

Máquinas caça-níqueis inutilizadas e dono do estabelecimento levado para a 110ª DP

Apesar de sabidamente ilegal, a prática de jogos de azar através de máquinas de caça-níqueis, enquadrada como contravenção penal, continua sendo comum em estabelecimentos comerciais de Teresópolis – principalmente bares. Dessa vez, agentes da Polícia Reservada (P2), do 30º BPM, flagraram a situação em um bar localizado em uma das principais avenidas da região central do município. Em uma área nos fundos do estabelecimento, uma espécie de “cantinho da jogatina”, com três máquinas ilegais. Perito do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) foi acionado para analisar os equipamentos e inutiliza-los, retirando os “noteiros” e placas mãe. Foram encontrados R$ 130, referentes às apostas. Extraoficialmente, a informação é que outros funcionários do esquema ilícito recolhem com frequência os valores obtidos de maneira irregular justamente para diminuir o prejuízo em caso de ação policial. O dono do bar, de 45 anos, foi levado para a 110ª Delegacia de Polícia e autuado por prática de jogo de azar, sendo ouvido e liberado para responder ao processo em liberdade. A utilização das maquinetas criminosas tem ocorrido com frequência nos últimos, inclusive já tendo gerado a prisão, por um bom período, de um político de grande influência em Teresópolis.

Edição 23/05/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

TRE-RJ absolve Cláudio Castro e mantém mandato de governador do Rio

Polícia procura corpo de Anic em sítio que Lourival pesquisou na internet

Saúde: mãe denuncia dificuldade para internação de criança em Teresópolis

“RJ para Todos” faz quase 400 atendimentos na Barra do Imbuí

Vasco da Gama enfrenta o Náutico em Teresópolis

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE