Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Parque Estadual dos Três Picos registra mais uma geada

Inverno ainda nem começou, mas Região Serrana tem registrado temperaturas baixíssimas

O Inverno só tem início no próximo dia 21, mas o Outono já tem mostrado que poderemos ter realmente uma estação muito gelada – mais do que tem sido registrado em anos anteriores, mesmo no período que esse clima é típico. Na madrugada desta sexta-feira (14), o Parque Estadual dos Três Picos registrou mais uma geada. O fenômeno ocorreu no núcleo de montanha da unidade de conservação ambiental, no local conhecido como “Vale dos Deuses”, e foi divulgado nas redes sociais pelo coordenador dessa área do PETP, Rominique Schmidt. No vídeo, ele mostra mais uma vez a uma grande área onde a vegetação mudou de cor, agora “branquinha” pelo congelamento.
E essa foi a segunda geada da temporada, no mesmo local. A primeira ocorreu no dia 31 de maio, quando o Guarda-Parque Rodrigo Freitas divulgou imagens de como ficou o famoso Vale dos Deuses, onde o termômetro marcou a temperatura batendo no zero. “As bonitas imagens mostram os campos branquinhos, em um cenário bem diferente do habitual”, divulgou, à época. O Vale dos Deus fica na divisa entre Teresópolis e Nova Friburgo, e, pela terra de Teresa, pode ser acessado através de caminhada pelo Vale dos Frades. Fica por lá o Núcleo de Montanha do PETP e o acesso de montanhas como a Cabeça de Dragão e Caixa de Fósforos.

Essa foi a segunda geada da temporada, no mesmo local. A primeira ocorreu no dia 31 de maio, quando os campos ficaram “branquinhos” pela primeira vez. Foto: Divulgação PETP

As geadas
Fenômeno natural caracterizado pela formação de uma fina camada de gelo sobre a superfície, a geada está atrelada às condições atmosféricas de frio intenso e forma uma fina camada de gelo sobre as superfícies terrestres. Geralmente, ocorre o congelamento das camadas de orvalho, expostas nas superfícies de folhas, terrenos e outros elementos. É preciso estar próximo ou abaixo de zero grau. Outra curiosidade é que há dois tipos, a “Branca”, marcada pela presença de cristais de gelo de coloração tipicamente branca nas superfícies expostas, podendo causar prejuízo superficiais nas lavouras, e a “Negra”, mais intensa, que causa danos à estruturas vegetais e deixam as plantas com aspecto de queimado.

Bom para o turismo
Apesar do risco de prejuízo para os produtores rurais, quanto mais frio, melhor para o turismo local. Afinal, se trata de uma condição climática comum nas regiões de serra e que atrai quem não está acostumado com o “geladinho” das manhãs ou fenômenos como as geadas. Recentemente, a Associação de Hotéis do Estado (ABIH-RJ) destacou a importância do frio para a alta temporada de visitação. A menor temperatura já registrada em Teresópolis ocorreu em 10 de junho de 1933, quando os termômetros na área urbana marcaram -1,4ºC.

Edição 25/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mais dois flagrantes de corte irregular de árvores em Teresópolis

ATÉ DÍVIDA DE R$ 1: Prefeitura de Teresópolis notifica e divulga lista com 210 contribuintes

Transporte escolar: renovação do alvará até o dia 31

Onça-parda e Jaguatirica “gigante” flagrados em trilhas do Parque dos Três Picos

Estácio Teresópolis disponibiliza vagas para o ProUni

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE