Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Parque Municipal com grande programação no fim de semana

Unidade de conservação terá corrida, observação de aves, trilha guiada e feirinha orgânica

Anote na sua agenda uma excelente oportunidade para conhecer um cantinho de Teresópolis com sua família: neste fim de semana, a secretaria municipal de Meio Ambiente promove a “Abertura da Temporada de Esportes de Aventura” na sede Santa Rita do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, no Segundo Distrito. O evento faz parte da “3ª ATM – Abertura da Temporada de Montanhismo” e terá programação que vai muito além das atividades relacionadas ao tema – que aliás tem tudo a ver com o nosso belo município.
No sábado (15), as atividades começam às 7h30 e seguem até 14h, com inauguração da trilha para o campo-escola Chiquinho Leal, na Pedra de Santa Rita. Apreciadores de aves poderão participar do 11º “Vem Passarinhar”, observando e fotografando algumas das mais de 350 espécies catalogadas na unidade de conservação, atividade que terá transporte gratuito saindo e retornando para a prefeitura (Veja como se inscrever no Instagram @pnm.montanhasdeteresopolis).

“A gente separou os dois para esse bonito evento. Um dos destaques do sábado será a abertura oficial da nova área que foi inserida nos limites do parque, onde fica a Pedra de Santa Rita”, conta Ricardo Mello, Biólogo e Subchefe do PNMMT

“A gente separou os dois para esse bonito evento. Um dos destaques do sábado será a abertura oficial da nova área que foi inserida nos limites do parque, onde fica a Pedra de Santa Rita. Já funcionava lá um campo escola de escalada, tendo como homenageado Chiquinho Leal, criado pelo Centro Excursionista Teresopolitano (CET) e agora estamos revitalizando o acesso e criando uma identificação visual para que os escaladores possam melhor utilizar essa parede onde há diversas vias”, pontua o Biólogo Ricardo Mello, Subchefe do PNMMT.
Trilha guiada para a Pedra Alpina, atividades do projeto de educação ambiental Aurita Educa – de proteção do Sagui-da-serra-escuro, primata endêmico da Mata Atlântica ameaçado de extinção, e também o projeto de educação ambiental itinerante “Ecomóvel” completam a programação. Nos dois dias os visitantes também poderão conferir a Feira de Orgânicos e Artesanato, com artigos dos produtores rurais e artesãos da região.

Corrida e educação ambiental
No domingo (16), às 8h será dada a largada da “1ª Corrida com o Aurita”, com atletas previamente inscritos percorrendo distâncias de 4,5km e 8km pelas estradas do bairro Santa Rita, no Segundo Distrito. Às 10h, a atração será o projeto “Asas da Vida”, com atividades de inclusão e acessibilidade em trilhas. “Essa corrida terá como foco comemorar um ano da Lei do Aurita, da vereadora Erika Marra, que vem justamente para trazer o pertencimento dessa espécie ameaçada, que já esteve entre as 25 mais ameaçadas do mundo. Queremos trazer esse primata para o nosso diálogo do dia a dia, mostrar a importância da espécie, o privilégio de ter ela em nossa cidade, no nosso parque, e que temos que olhar com cuidado para ela se perpetuar por aqui. A ideia da corrida foi trazê-lo como mascote, que não só corredores, mas todas as pessoas saibam que temos ele aqui. Serão duas provas, uma dando a volta na sede do parque e em outra na área plana, para os iniciantes. Foram 150 vagas, já preenchidas, mas a ideia é que, com o sucesso, possamos realizar outras corridas ao longo do ano”, enfatiza Ricardo.

Nos dois dias os visitantes também poderão conferir a Feira de Orgânicos e Artesanato, com artigos dos produtores rurais e artesãos da região. Foto: Marcello Medeiros

Outros atrativos
Em Santa Rita há trilhas que podem ser percorridas por todos os públicos. A do Tangará tem início próximo a sede do PNMMT, no lado esquerdo. Após atravessar uma pequena floresta de pinheiros, com o caminho forrado pelas folhas adaptadas dessa espécie, que mais parecem agulhas, além de muitas pinhas, o caminhante passa por um trecho um pouco mais íngreme para se deparar com a grande atração, a ponte pênsil com 22 metros de extensão. Em seguida, a Tangará se liga a trilha do Jacu, outro caminho bem curto e recomendado para todas as idades. Nesse espaço existe ainda uma opção para os que buscam distância e altimetria maior, a Trilha da Pedra Alpina, com cerca de quatro quilômetros e que permite chegar ao cume dessa montanha, a 1.280 metros de altitude. Também há locais para piquenique e um labirinto para o público infantil. Para chegar até o local, existem dois acessos. O principal, e mais fácil, é via BR-116. A referência é a localidade de Holliday, pouco depois do Fischer e antes do posto da PRF em Três Córregos. Saindo da rodovia federal, há placas indicando o caminho até Santa Rita, atualmente totalmente asfaltado.

Um dos destaques será a abertura oficial da nova área que foi inserida nos limites do parque, onde fica a Pedra de Santa Rita. Funciona lá um campo escola de escalada, tendo como homenageado Chiquinho Leal, criado pelo CET. Foto: Reprodução

Tartaruga
Outra dica é que a sede Pedra da Tartaruga do Parque Municipal, na área urbana, estará aberta durante todo o fim de semana, onde os visitantes poderão fazer trilhas, camping e rapel, das 9h às 16h.


Edição 25/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Mais dois flagrantes de corte irregular de árvores em Teresópolis

ATÉ DÍVIDA DE R$ 1: Prefeitura de Teresópolis notifica e divulga lista com 210 contribuintes

Transporte escolar: renovação do alvará até o dia 31

Onça-parda e Jaguatirica “gigante” flagrados em trilhas do Parque dos Três Picos

Estácio Teresópolis disponibiliza vagas para o ProUni

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE