Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Parque Montanhas de Teresópolis recebe apoio para conservação de primata ameaçado

Sagui-da-Serra Escuro (Callithrix aurita) é a espécie que será conservada e protegida em Teresópolis

O Parque Nacional Montanhas de Teresópolis, Unidade de Conservação sob gestão municipal, protege uma espécie de primata listada entre as 25 mais ameaçadas do planeta: o Sagui-da-Serra Escuro (Callithrix aurita). Por realizar essa missão, o parque recebeu incentivo internacional para conservação de espécie de primata ameaçada de extinção. A proteção desta espécie faz-se necessário visto que, com a presença de saguis exóticos em seu ecossistema, este primata da região sofre com a perda de seu habitat. Dessa feita, preservar e conservar é essencial para manter os valores da biodiversidade e a proteção dos ecossistemas.
Atualmente, em parceria com o Programa de Conservação dos Saguis-da-Serra (PCSS), com a ONG PREA e com o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (ICMBio/CPB), responsável pelo Plano de Ação Nacional (PAN) para a conservação dos primatas, pesquisadores estão estudando maneiras eficazes para garantir o monitoramento e proteção da espécie na região do PNMMT.
Com a recente visita de parceiros internacionais (Durrel Wildlife Conservation Trust e Beauval Nature), juntamente com o diretor do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (ICMBio/CPB), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente conseguiu o apoio financeiro do Primate Action Fund administrado pela Re:Wild. O movimento tem como missão dar suporte para projetos em todo mundo para primatas, não-humanos, ameaçados de extinção. O secretário de Meio Ambiente, Flávio Castro, destacou a importância do parque para a conservação desta espécie. “Estas iniciativas serão pioneiras para a espécie nativa de sagui, e o PNMMT terá papel fundamental neste programa de conservação”, explicou”

Mais sobre a unidade
O parque foi criado no ano de 2009 e protege um fragmento de Mata Atlântica de 4.397ha e protege diversas espécies da fauna e da flora, sendo considerada a maior unidade de conservação municipal do Bioma Mata Atlântica.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Edição 02/07/2022
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Notícias falsas nas eleições de 2020 preocupam especialistas

Policial de férias prende acusado de tráfico na entrada da cidade

Magalu vai abrir loja em Teresópolis e inicia processo de contratação

Veículo abandonado em via pública é incendiado

Câmara aprova representação contra o prefeito de Teresópolis