Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Polícia Civil prende idoso acusado de abusar das próprias netas em Teresópolis

Família pediu ajuda na 110ª Delegacia de Polícia, que investigou os fatos e pediu a prisão ao judiciário

Mais um crime hediondo registrado em Teresópolis. Mais uma família se tornou vítima de estupro de vulnerável praticado por um dos membros, dessa vez um idoso acusado de abusar das próprias netas, menores de idade. O fato foi relatado na 110ª Delegacia de Polícia depois que as crianças deram sinais que haviam sido abusadas sexualmente. A investigação foi iniciada de imediato e os indícios apresentados levaram ao deferimento do pedido de prisão do acusado, expedido pelo judiciário no município. “A família procurou a gente dizendo que o avô havia abusado das duas netas, aí iniciamos a investigação, fizemos a oitiva das menores e confirmamos, através dos depoimentos que realmente havia indícios de que ele havia abusado crianças. E também apuramos que era um fato reiterado, não uma vez só. Assim pedimos a prisão, que foi decretada e executada na última sexta-feira”, explica o Delegado Titular da 110ª DP, Marcio Dubugras.

A autoridade policial do município reforça que as forças de segurança têm trabalhado em conjunto para retirar esse tipo de criminoso de circulação. “Esse é mais um caso triste, logicamente. Mas ressaltamos que as pessoas devem nos procurar, é crime hediondo, vamos fazer investigação, vamos pedir a prisão e a pessoa vai ser presa. Esses abusadores têm que aprender que em Teresópolis eles serão presos, não tem essa de responder em liberdade. Em caso de estupro de vulnerável temos conseguido todas as prisões e eles estão na cadeia. É mais um recado, se fizer crime contra crianças, mulheres idosos, vamos prender, a polícia vai dar a resposta”, pontua.

Ouça e peça ajuda
Dubugras também destacou ao Diário a importância de familiares ou outras pessoas que tenham convívio com crianças vítimas desse tipo de crime fazerem as denúncias. “Às vezes elas procuram ajuda do professor, do diretor da escola, e a pessoa que souber desse tipo de fato tem que dar credibilidade. Dificilmente a criança mente nesse tipo de situação. Temos em Teresópolis um projeto em parceria com o município e o judiciário, o Bem Me Quer, e com dados passados a ele temos realizado as prisões e dado suporte às vítimas”, enfatiza o Delegado. Os telefones da 110ª DP são 2642-9252 e 98596-7436.

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE