Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Prefeitos do estado do Rio cobram solução para falta de energia

Na capital, prefeitura anunciará medidas para enfrentar ondas de calor

Cristina Indio do Brasil – Agência Brasil
Prefeitos de diversos municípios do Rio de Janeiro reúnem-se nesta segunda-feira, no Theatro Municipal de Niterói, para discutir a prestação de serviços da Enel, concessionária de distribuição de energia, que atende a população dessas cidades.

Na última segunda-feira (20), o prefeito de Niterói, Axel Grael, determinou que a Procuradoria Geral do Município (PGM) entrasse com ação na Justiça para cobrar da concessionária a solução para a falta de energia que se arrastava desde o sábado (18), quando a cidade foi atingida por um temporal e fortes ventos. Depois da entrada da ação, a Segunda Vara Cível de Niterói decidiu aplicar multa diária de R$ 100 mil, que depois subiu para R$ 200 mil, porque a Enel não tinha restabelecido o fornecimento de energia elétrica em todo o município.

Na quinta-feira (23), a concessionária divulgou nota em que informava ter restabelecido o fornecimento de energia para os clientes afetados pela tempestade do sábado. “Nossas equipes permanecerão atendendo casos específicos de ocorrências pós-chuva. O evento climático, com chuvas intensas, fortes rajadas de vento e descargas atmosféricas, causou danos consideráveis à rede elétrica de diversas cidades fluminenses, resultando na interrupção do fornecimento de energia”, disse a Enel.

Para agilizar o atendimento, a empresa informou que chegou a mobilizar cerca de 900 equipes “para trabalhar intensivamente ao longo da semana”.

Ondas de calor
Também amanhã, em entrevista coletiva, marcada para as 8h, a prefeitura do Rio de Janeiro anunciará medidas para amenizar o impacto das ondas de calor na população da cidade, previstas para os próximos meses, com a aproximação do verão.

Os secretários de Saúde, Daniel Soranz; de Meio Ambiente e Clima, Tainá de Paula; e o chefe executivo do Centro de Operações do Rio, Marcus Belchior, participarão da entrevista, no Centro de Operações e Resiliência, na Cidade Nova, região central da cidade. O aumento da demanda de energia por causa do calor também provocou apagões na capital. Na Rocinha, zona sul, moradores fecharam a Auto Estrada Lagoa-Barra na quinta-feira (16). em decorrência da falta de energia na região. Lá o fornecimento é feito pela Light.

CPI
Na terça-feira (28), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Serviços Delegados e das Agências Reguladoras da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) deve realizar audiência pública com a convocação dos presidentes das empresas Enel e Light para prestarem esclarecimentos sobre a falta de energia em diversos pontos do estado durante os últimos dias.

Tags

Compartilhe:

Edição 24/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Viação Teresópolis atualiza tabela divulgada pelo Detro e informa novos valores

MEIs: Contadora explica aumento no valor da contribuição previdenciária

Paróquia Santa Rita de Cássia celebra 25 anos de criação da diocese

Automedicação em casos de dengue pode até agravar complicações da doença

Sine divulga 147 vagas de emprego em Teresópolis

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE