Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Prefeitura de Teresópolis nega denúncias contra o vice-prefeito

Rádio teria acusado Dr Ari de ser sócio de laboratório que vai prestar serviço para a SUS

Da Redação

A Prefeitura de Teresópolis divulgou na tarde desta segunda-feira, 6, “Nota de Repúdio” onde alega que seriam falsas as informações divulgadas em programa de rádio local. A Prefeitura afirma, taxativamente, que “de acordo com o contrato social apresentado no Chamamento Público, o vice-prefeito de Teresópolis não é sócio da empresa prestadora do serviço” que, embora já inaugurado, só será iniciado no dia13 de novembro, pois aguarda ainda a liberação da Vigilância Radiológica, o que ocorreria ao longo desta semana.
Segundo a fala repudiada, “o vice-prefeito do município seria sócio da empresa que prestará os serviços de mamografia e densitometria óssea no município de Teresópolis”, sugerindo, ainda, que o vice-prefeito de Vinícius Claussen nos dois mandatos, o médico Ari Boulanger, teria “esquemas na saúde”. A participação de Dr. Ari na área da saúde já havia sido abordada na CPI da Saúde, no ano passado, quando o vice-prefeito foi alvo de diversas investigações, que não resultaram em aprovação de comissão processante contra o prefeito, como se esperava, pela gravidade do apurado, preferindo o plenário dos vereadores pelo arquivamento do relatório, que acabou enviado ao Ministério Público, “para as providências cabíveis”.

Sobre os serviços de mamografia e de densitometria óssea inaugurados no dia 31 de outubro no Centro de Saúde Dr. Armando Gomes de Sá Couto, na Várzea, a administração municipal informou que a empresa que vai operar os participou do Chamamento Público nº 02/2023, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde para credenciamento e contratação de empresas especializadas na prestação de serviços de métodos de diagnóstico por imagem. O Chamamento Público teria sido aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde em Reunião Ordinária realizada no dia 24 de outubro, de acordo com a Resolução nº 24/2023, publicada no Diário Oficial do Município do dia 27 de outubro. Pela Resolução nº 24/2023 do Conselho Municipal de Saúde, a empresa que utilizará o espaço público deverá ser responsável pelos custos referentes a sua prestação de serviços.

Fake News
A Prefeitura de Teresópolis vem abusando do termo para se defender de diversas denúncias, como a de que estaria cobrando estacionamento rotativo de veículos afetados pela enchente da última terça-feira. Após a denúncia do Diário, internautas acusaram a Prefeitura de Teresópolis de “mentir” em suas redes sociais. Após dezenas de comentários a Assessoria de Comunicação apagou a publicação.

Edição 20/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Fim de semana com Ney Matogrosso e Mart’nália em Teresópolis

BR-116: 14 radares fixos começam a funcionar no dia 22

Homem é preso com oito granadas em Teresópolis

Teresópolis: Vale dos Frades vai receber festival de música e arte da montanha

“Não dá pra ficar bem informado sem ele”

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE