ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Prefeitura deixa serviço pela metade na Vila Muqui

Data: 13/10/2021

Maneira como ficaram os paralelos indica o grande problema no sistema de manilhamento após as chuvas de 10 dias atrás - Marcello Medeiros

Após fortes chuvas que atingiram o município no dia 03 de outubro, atípicas para o período, vale frisar, alguns problemas “comuns” no período de Verão foram registrados em alguns bairros de Teresópolis, entre eles a Vila Muqui. Na ocasião, o forte volume de água fez romper algumas manilhas no principal acesso do bairro, vizinho ao Centro. Na ocasião, ficou quase que intransitável trecho da Rua Fernando Martins, chegando a empresa de ônibus Viação Dedo de Deus a interromper temporariamente a prestação dos seus serviços. No dia seguinte, equipe da Secretaria Municipal de Obras foi deslocada para o local e iniciou a troca das manilhas rompidas ou deslocadas com a força d´água. Porém, o serviço ficou “pela metade”.
O trecho de aproximadamente 20 metros de afundamento de pista, nos dois sentidos, com o calçamento em paralelos ficando totalmente irregular devido à situação das manilhas, só foi resolvido em parte. Apenas a metade do problema foi solucionada pela equipe do governo municipal, em frente ao número 223 da Fernando Martins. Algumas manilhas foram trocas e outras, pelo que se evidencia claramente devido às condições da pista, continuaram da mesma maneira. Além disso, no trecho que recebeu novo sistema para o escoamento da água das chuvas os paralelepípedos não foram recolocados e, no seu lugar, apenas foi espalhada uma camada de terra e cascalho. “Não dá para entender como fazem um trabalho desse tipo. A rua estava toda torta, quase intransitável, devido ao problema causado pelas chuvas. Aí a prefeitura vem e conserta somente a metade? Como assim? Continua perigoso para os carros e motocicletas e, além disso, se continuar chovendo o que sobrou das manilhas pode terminar de quebrar e afundar tudo”, denúncia o morador Júlio Assis.
Entramos em contato com a Secretaria de Obras, através da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, para tentar obter uma resposta sobre a situação, tentando saber, por exemplo, se a equipe foi embora porque acabaram as manilhas para concluir o serviço fundamental. Porém, até o fechamento desta edição não recebemos nenhum posicionamento do governo municipal. 

Alô GCM!
Também recebemos, através dos nosso canais de contato com leitores do jornal O Diário e telespectadores da Diário TV (21 98136-6050 e 2742-9977), uma reclamação de moradora da Vila Muqui sobre o estacionamento irregular de veículos na mesma via, próximo ao cruzamento com a Rua Muqui. Segundo ela, apesar da pintura em amarelo na lateral do meio-fio e a clara situação de risco para todas as partes envolvidas, frequentemente motoristas têm estacionado na faixa de descida da Fernando Martins, deixando assim apenas a passagem para um veículo por vez. Além de complicar o trânsito, tal situação pode causar abalroamentos ou colisões envolvendo os veículos em circulação e os que ficam estacionados de forma errônea no local.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

É preciso capacitar professores para mundo pós-pandemia, diz ministro

Fiocruz: passaporte vacinal e máscara são fundamentais para reabertura

PM de Teresópolis apreendeu 160 quilos de entorpecentes em oito meses

Procura-se um novo dono para o Higino Palace Hotel

Mapa de Risco: Estado tem todas as regiões com baixo risco pela primeira vez na série histórica

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy