Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Prefeitura nega “reintegração de posse da Marinha” em Teresópolis

Suposta reocupação de terreno, segundo a PMT, é na verdade parceria para instalação ponto de suporte

Isla Gomes

Nesta quarta-feira, 27, circularam nas redes sociais vídeos sobre suposta “retomada de área pela Marinha”, que estaria “pegando de volta” um terreno que teria sido ocupado irregularmente pela prefeitura. O Diário buscou informações oficiais sobre o assunto e descobriu que tal situação é improcedente. Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, “a Secretaria Municipal de Defesa Civil informou que uma equipe de fuzileiros navais está realizando esta semana visitas em Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo para verificar qual será a logística necessária para, se preciso, atuação da Marinha, no período do verão 2024. Os técnicos estão fazendo visitas em área de pouso de aeronaves e possíveis locais para montagem de hospitais de campanha, se necessário, por exemplo. Ressaltando que é apenas um trabalho de levantamento para o período de verão”.
Com a facilidade para propagar notícias no cenário digital atual, a desinformação pode alcançar muitas pessoas rapidamente e assim trazer consequências negativas para os envolvidos. As informações enganosas podem ser camufladas, por isso é importante manter o senso crítico ao avaliar um conteúdo apresentado na internet. Além de ser fundamental buscar as notícias em canais oficiais, para identificar e combater as fake news também é necessário conhecer as características que ajudam a reconhecer se uma informação é falsa. Os principais fatores que podem indicar uma notícia inverídica: – URLs duvidosas; – Erros ortográficos; – Ausência de fontes; – Manchetes sensacionalistas; – Fotos manipuladas ou vídeos distorcidos; – Informações incompletas ou desconexas.

Vídeo: https://www.facebook.com/odiariodeteresopolis/videos/341663088321387

PF na Saúde
Também respondendo informações desencontradas divulgadas nas redes sociais nesta quarta-feira, a secretaria Municipal de Saúde informou ao Diário que a Polícia Federal esteve na sede da pasta, na Tijuca, ”apenas para buscar informações sobre uma funcionária contratada pelo município em 2019 e dispensada em 2020”. O motivo para tal investigação não foi divulgado.

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE