Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Presidente da Câmara de Teresópolis anuncia recursos para bancar o Café Popular a R$ 1

Iniciativa garante a primeira refeição do trabalhador teresopolitano mais carente

Luiz Bandeira

Nesta quinta-feira, 08, completou um ano o projeto “Café Popular”, uma iniciativa do poder legislativo em parceria com a prefeitura, envolvendo várias secretárias municipais, com a intenção de atender aquele trabalhador que muitas vezes sai de casa para trabalhar sem fazer a primeira refeição. Projeto de lei de autoria do presidente da Câmara, Leonardo Vasconcellos, tem como objetivo principal não só atender a população mais vulnerável, com uma refeição de qualidade, mas também encaminhar para os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) ou para o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), as pessoas que apresentarem necessidade de atendimento socioassistencial. A inauguração, em 08 de dezembro de 2021, contou com a presença do autor da iniciativa Leonardo Vasconcellos, do prefeito Vinicius Claussen, demais vereadores, secretários, servidores e voluntários, que aproveitaram para experimentar a qualidade do que é servido à população. Desde o início do projeto muitos teresopolitanos passaram a buscar diariamente a primeira refeição no Pedrão, onde é servido o Café Popular, com muita qualidade.

Todos os dias centenas de teresopolitanos buscam a primeira refeição no Pedrão, pelo projeto “Café Popular”

Na ocasião o secretário Valdeck Amaral lembrou que a inauguração só foi possível pelo trabalho em conjunto das secretarias de Desenvolvimento Social, Obras Públicas, Serviços Públicos, Esporte e Lazer, Segurança Pública e de Governo e Coordenação. “Fico muito feliz que um projeto tão importante quanto o Café Popular tenha saído do papel e esteja finalmente disponível para que toda a população possa usufruir, principalmente as pessoas mais carentes. Esse trabalho só pôde ser concluído graças à união de forças”, comemorou o secretário de desenvolvimento social do município.
Passado esse um ano, a equipe do jornal O Diário e Diário TV entrevistou o vereador Leonardo Vasconcellos, que disse ter garantido recursos para a continuação do Café Popular pelo mesmo valor. “Hoje eu estive cedo no aniversário de um ano do ‘Café Popular’ e nesse momento parabenizo os funcionários que fazem daquilo um ambiente maravilhoso, o secretário Valdeck Amaral, como também o prefeito Vinicius Claussen, que tem feio todo aquele atendimento que a gente entendeu e criou dentro da lei. Inclusive agora a Câmara tem o Orçamento Impositivo, que visa destinar valores obrigatórios pra certos programas de governo. Eu já coloquei R$ 280 mil pra ser investido ano que vem no ‘Café Popular’, porque ele é um Real como uma parte de contribuição simbólica, ele custa bem mais do que isso. É café com leite, pão com manteiga, fruta, então a gente está mandando esses R$ 280 mil do orçamento para subsidiar o café e ele continuar custando R$ 1 e não ter aumento para o trabalhador”, enfatizou, pontuando ainda que “O mais importante do ‘Café Popular’ é que quem não pode pagar R$ 1 também toma café da mesma maneira, ali tem um pronto socorro social, com assistentes sociais dando toda a atenção a essas pessoas que estão em vulnerabilidade alimentar”.

Muita gente precisa
Leonardo reforçou a importância da manutenção desse valor. “Em um ano nós servimos 50 mil cafés a R$ 1, então isso demonstra que o programa é importante, que tem pessoas que precisam e que mais do que tudo, durante esse um ano a gente conseguiu resolver o problema da fome na primeira hora do trabalhador. O ‘Café Popular’ continua a R$ 1 e com certeza continuará sendo a R$ 1 porque a gente está aportando recursos pra quê isso aconteça”.

Edição 22/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

LADRÕES DE RESIDÊNCIAS: Troca de tiros e quadrilha presa na Barra do Imbuí

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

Bolsonaro não responde à PF em depoimento sobre golpe de Estado

Governo do Estado atua nas cidades afetadas pelas chuvas

Moradores denunciam possível foco do mosquito em casa abandonada

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE