Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Radioamadores vão ajudar nas comunicações da Defesa Civil

Município irá implementar rede de emergência para ampliar alcance do atendimento.

Com o objetivo de ampliar a comunicação para as situações de emergência e calamidade, a prefeitura, por meio da secretaria municipal de Ciência e Tecnologia, firmou parceria com o Grupo de Radioamadores de Teresópolis (GRATE), para a implementação de uma rede integrada de comunicação de emergência para estruturar e auxiliar a Defesa Civil na resposta nas situações adversas. Coordenada pelo Grupo de Radioamadores de Teresópolis (GRATE), a rede de rádio emergência propiciará a integração de comunicação entre os órgãos de Segurança Pública, Defesa Civil e comunidades para o auxílio imediato em situações de emergências e calamidades. O GRATE é uma associação sem fins lucrativos, fundada de fato em 1° de Janeiro de 2001 e declarada de utilidade pública municipal pela Lei 3.194/2013.
A instituição tem por objetivo a prestação de serviços relacionados com o radioamadorismo, faixa do cidadão e radiocomunicação à comunidade, forças armadas, entidades públicas e privadas bem como promover pesquisa e disseminar conhecimento técnico-científico e operacional, promover treinamento e realizar operações de comunicações de emergência, atividades de caráter cultural, filosófica e filantrópica, devendo sempre observar a legislação e normas em vigor no país referentes à telecomunicações, serviço de radioamador e faixa do cidadão.
O Grupo de Radioamadores de Teresópolis está sediado em espaço central no prédio do terminal rodoviário José de Carvalho Janotti através de parceria com a Prefeitura. A rede fará parte da matriz de responsabilidade do Plano de Contingência e terá importante aplicação em todo o município. Os equipamentos compostos de antenas repetidoras e estações de rádio serão disponibilizados pelo Grupo de Radioamadores de Teresópolis, de forma gratuita. Carlos Guinle, presidente do GRATE, enfatiza sobre a importância de integrar os órgãos públicos com o radioamadorismo para atuar em conjunto para a gestão de crise e gestão de desastres. Carlos lembra a necessidade de integrar as comunicações para que essa não se perca, dificultando a ajuda e o socorro.
O secretário de Ciência e Tecnologia, Cleiton Pimentel, destaca a importância de somar forças com instituições renomadas que realizam trabalhos sérios com o objetivo de salvar vidas. “A tecnologia do radioamadorismo é essencial no mundo inteiro para a comunicação e prestação de serviços para reduzir o sofrimento humano. Esse tipo de parceria chancela o compromisso de adoção de medidas cada vez mais assertivas na gestão do risco e segurança humana”.
O Major Fábio Pimentel, diretor técnico da Secretaria de Defesa Civil, destaca que a parceria visa à implementação de uma nova metodologia que facilitará a comunicação principalmente nas situações em que o órgão precisa atuar numa resposta imediata e assertiva nos serviços essenciais numa situação de desastre, bem como na assistência às vítimas.

Tags

Compartilhe:

Edição 13/07/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Teresópolis caminha para ser um dos maiores produtores de vinho do Sudeste

Há 75 anos uma teresopolitana pisava no Dedo de Deus pela primeira vez

“Cantinho das Cerejeiras” faz sucesso em Teresópolis

Mesmo quem já pagou o IPVA deste ano terá de quitar as duas taxas do CRLV-e

Rio: Polícia prende 6 suspeitos de fraudar agências bancárias

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE