Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Risco de graves acidentes na Tenente Luiz Meirelles

Danificada, tampa de rede pode vitimar pedestres e condutores de veículos

Imagine você atrasado, correndo para pegar o transporte coletivo ou qualquer outro compromisso. Essa pressa pode fazer com que não perceba situações de risco, como uma tampa de rede aberta em plena avenida, fazendo você cair no meio da passagem de veículos, quebrar uma perna ou ter ferimentos ainda mais graves em consequência de atropelamento. E fica o alerta: tais situações podem ocorrer nas proximidades do número 2230 da Avenida Tenente Luiz Meirelles, uma das mais movimentadas do município por se tratar do acesso principal de diversos bairros. O Diário registrou nesse local um dos acessos de redes de telefonia com a tampa quebrada na parte central, deixando um buraco da largura de uma perna, por exemplo. E se durante o dia já é fácil se acidentar nessa “armadilha”, à noite é ainda mais perigoso devido à precária iluminação da via pública.
Logicamente, além de fotografar o problema, nossa reportagem entrou em contato com o governo municipal para alertar sobre a perigosa situação. E como a assessoria de comunicação da “gestão” tem agido em total desrespeito ao contribuinte teresopolitano, ignorando os pedidos de informação e esclarecimentos como essa necessária manutenção, também informamos diretamente ao secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Davi Serafim, com o objetivo de evitar que alguém se machuque nesse local. “Pedirei prioridade lá”, informou, mostrando que, esse sim, compreende a importância do seu cargo.

Faça sua parte, questione
Estamos entrando no sexto ano de “gestão Claussen”, que, diferente do que se propôs nas duas campanhas que participou, não apresentou nada de realmente novo em Teresópolis. A impressão que se tem é que “a velha política continua por aí”. Um exemplo é o retrato da grande maioria dos bairros do município, que de longe recebem a atenção da “gestão”, como ocorre no Alto, por exemplo. Mas é preciso reclamar, mostrar a indignação quando for necessário. Afinal de contas, em breve os contribuintes começarão a receber visitas de políticos interessados em seus votos e, nessa hora, é preciso lembrar como foram os últimos quatro anos e se tais pessoas merecem mais uma chance de continuar representando as comunidades – lembrando que alguns sequer poderão ser candidatos, mas terão representantes em seus nomes com promessas inatingíveis novamente.

Edição 23/02/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Chuvas no estado do Rio provocam ao menos sete mortes

Justiça Federal determina retorno de Adélio Bispo a Minas Gerais

Ônibus: novas tarifas intermunicipais entram em vigor neste sábado

Sexta e sábado com feira de adoção de cães na Várzea

Asfalto ficou na promessa e Vale dos Cedrinhos segue quase intransitável

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE