Cadastre-se gratuitamente e leia
O DIÁRIO DE TERESÓPOLIS
em seu dispositivo preferido

Setor de Habitação, da Secretaria de Desenvolvimento Social, passa a se chamar “Aluguel Social”

Além da troca de nomes, a pasta inicia capacitação de colaboradoras para o melhor atendimento da população desabrigada

Com a presença de Cirlene Rocha, coordenadora do Cadastro Único do Governo Federal no Município de Teresópolis; e com as Coordenadoras do Aluguel Social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social; da Proteção Social Básica da SMDS; e demais coordenadoras dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializada da Assistência Social (CREAS), foi oficializada a mudança de nome do Setor de Habitação para ‘Aluguel Social’ na manhã desta segunda-feira, 20 de março, no CREAS. Também foi dado início a um processo de renovação de capacitação para o atendimento ao público requerente ao benefício habitacional.

“A Habitação é uma política pública que já existe na gestão municipal e não é o foco do nosso trabalho no Desenvolvimento Social. Na verdade, nosso trabalho é a gestão do aluguel social, que é disponibilizado a quem nós cadastramos nos nossos CRAS. Daí a melhor adequação do novo nome. E também estaremos capacitando permanentemente nosso pessoal, para fornecer informações corretas e atender ao público da melhor maneira possível”, explica a coordenadora do Aluguel Social, Janaína Félix.

A coordenadora de Proteção Social Básica, Carolina Lisardo, lembra que para não perder o benefício, é necessário manter o Cadastro Único atualizado e realizar a atualização do aluguel social anualmente. “O recadastramento é anual, podendo ser prorrogado por mais 12 meses, e nós sempre divulgamos o período de recadastramento através dos meios oficiais de comunicação da Prefeitura.” O valor do auxílio está atualmente em R$500, no Município de Teresópolis.

Compartilhe:

Edição 12/04/2024
Diário TV Ao Vivo
Mais Lidas

Veja como pedir a renovação ou a segunda via da CNH pelo Posto Digital

Rua Dr. Aleixo permanece interditada e buraco gera transtornos para a população

prefeitura

Em apenas dois meses, prefeitura recebeu mais de R$ 30 milhões do governo estadual

Dia Mundial do Lazer: Sesc oferece atividades que unem tecnologia e diversão

Mulher presa após furtar 19 peças de roupa e calçados em loja na Várzea

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE